Desabafo

Atriz de Pantanal chora por boato de affair com Marcos Palmeira: "Passou"

Aos 58 anos, Giovanna Gold também reclamou da falta de trabalhos na TV


À esquerda, Giovanna Gold chora em vídeo postado no Instagram; à direita, a atriz em 1990 ao lado do ator Marcos Palmeira em Pantanal
"Se eu tive um momento romântico em 1990 com um par romântico, passou", desabafou Giovanna Gold - Fotos: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 05/07/2022 às 13:55:00,
atualizado em 05/07/2022 às 13:59:29

Giovanna Gold, que interpretou Zefa na primeira versão de Pantanal, em 1990, desabafou sobre a repercussão de uma entrevista em que revelou ter vivido por um affair com Marcos Palmeira na novela da Manchete. Em vídeo postado em rede social nesta terça-feira (5), a atriz de 58 anos chorou, relembrou episódios de assédio sofrido ao longo da carreira e também reclamou sobre a falta de trabalho.

"Gente, como vocês acham que eu me sinto? Eu sou atriz, eu sou boa atriz, porque eu sou dedicada. Isso não é mérito, não é mediunidade. É só dedicação. Eu gasto meu tempo, eu estudo o texto, o gesto, a respiração... para emocionar", iniciou Giovanna Gold, em vídeo postado no Instagram.

"Se eu tive um momento romântico em 1990 com um par romântico, passou! Que coisa! Por que eu tenho que dar ibope para isso? Que papo brabo! Tive outros pares românticos, um me meteu um linguão na boca, outro me assediou..."

Em seguida, a atriz relembrou um dos episódios que viveu com um ator no passado. “Um outro foi me dar uma carona de Niterói, eu morava na Urca... Ele veio pela Linha Amarela, pela Barra, Copacabana, Ipanema, Leblon, Botafogo... Urca! Para quê? Para eu ficar lá, patética, ouvindo mimimi.”

“Eu queria ser simpática, porque eu não sou a falsa fofa, a velha babona. Eu não faço esse tipo! Não tenho habilidades sociais para isso, eu sou sincera! Sou sensível”, desabafou. O nome da atriz voltou a ficar em evidência com o remake de Pantanal na Globo, protagonizado justamente por Marcos Palmeira.

“Eu só queria estar trabalhando”, reclama Giovanna Gold

Atriz de Pantanal chora por boato envolvendo Marcos Palmeira

Ainda no desabafo, Giovanna Gold reclamou da falta de papéis. “Está chato, sabe? O meu mérito em 1990 foi da minha atuação. Eu não tenho contrato. Eu só queria estar trabalhando, só isso! Só queria um personagem para dar uma vida incrível para uma história, que é o que eu faço.”

Ela lembrou que sua última personagem “não tinha nem par romântico”. Recentemente, ela fez uma participação em Gênesis (2021), na Record, como Samila. Antes, seu último papel fixo havia sido o da vilã Carmen em Chiquititas (2013-15), no SBT. “Estou aborrecida mesmo, acho que estou no meu direito”, finalizou, pedindo empatia às pessoas.

Na primeira versão de Pantanal, exibida na extinta Manchete em 1990, Giovanna Gold interpretou a empregada fofoqueira Zefa, papel que a alçou para o sucesso. A atriz contracenava com Marcos Palmeira, que viveu o peão Tadeu. Depois, na Globo, ela fez Mulheres de Areia (1993), Por Amor (1997), entre outras novelas.

Em entrevista nesta semana ao site da colunista Patricia Kogut, Giovanna revelou que conheceu Palmeira nos tempos da escola e confessou ter sentido atração por ele quando adolescente. Contudo, os atores não chegaram a viver um romance de fato na vida real e só se reencontraram quando foram escalados para a novela da Manchete.

“Tinha uma admiração enorme pela pessoa que ele era [quando fez Pantanal]. Esse material emotivo me pertencia e a mais ninguém”, disse Giovanna, na entrevista.

Confira o vídeo postado por Giovanna Gold no Instagram:

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos