Liberdade

Maria Cândida fala de transição para os cabelos brancos aos 50 anos

Apresentadora contou que resolveu usar o cabelo natural há cerca de um ano


Maria Cândida apontando para o cabelo
Maria Cândida fala de transição para os cabelos brancos aos 50 anos - Foto: Reprodução

Maria Cândida, de 50 anos, tirou a quinta-feira (26) para falar sobre o proceso de transição que está passando para assumir os fios brancos. No Instagram, a apresentadora contou que resolveu usar o cabelo natural há cerca de um ano. "Exaltando cada minuto desse processo que está sendo lindo pra mim. Pra mim! Não é uma imposição pra ninguém. Escolha ser como você quer ser, loba", declarou ela.

"Não quero ser a novinha! Pra mim cabelo grisalho era coisa para avó, aquelas mais das antigas sabe (cabelo meio algodão doce fofo e meio roxinho)... Na pandemia, fui descobrindo que poderia dar uma cara moderna nesse meu cabelo e deveria assumir o grisalho, sim! Meus fios brancos me fazem me sentir uma madura raiz, uma madura de fato. Sempre ouvi: 49 anos com carinha de 38... E pensava: não quero parecer 38 ou o que for...", explicou ela.

Em seguida, Maria Cândida diz que o cabelo branco é motivo de força e nostalgia: "E o cabelo branco me traz essa força de algo muito concreto que eu olho todo dia e me lembra sempre como foi importante chegar até aqui, passar por várias etapas para ser quem eu sou hoje. Estou no processo de transição capilar. Mas tô me sentindo linda, plena. Pra mim, assumir a minha maturidade nos cabelos é uma bandeira de libertação".

"Não é um processo simples", diz Maria Cândida sobre envelhecimento

Para a jornalista, não dá pra ser a "bonitinha e perfeita". "O mundo não é esse. Quando eu me dirijo ao público dizendo 'você, mulher madura', meu Instagram já enche de mensagens. Elas se sentem vistas, citadas. Porque ninguém fala com elas, só com as novinhas. No momento, estou acompanhando uma senhora que vai completar 100 anos em maio. Eu disse: 'Quando a senhora fizer aniversário, quero que entre ao vivo falando disso'", relembra.

O processo de envelhecimento tem que ser tranquilo e saudável, e a menopausa é um dos assuntos que mais mexem com o universo feminino. "Dizem para nós, desde pequenas, que temos nos preparar para a menopausa e o envelhecimento. Mas não é um processo simples", lamenta.

"O envelhecimento é cheio de tabus. A gente aprendeu que fica velha, feia e sem vontade de fazer nada. Eu procuro desenvolver o interesse da mulher pelo próprio envelhecimento, para que ela se sinta linda e poderosa. Percebo que muitas têm dúvida sobre a menopausa. Por causa do machismo gigante, elas se sentem invisíveis. Não querem falar disso nem se informar. A chave é valorizar esse período, porque a cabeça está maravilhosa, e cuidar do físico, não só da estética, que é uma consequência. Isso vai garantir uma passagem pelos 50 muito melhor", encerra.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias
Outros Famosos