Repercutiu

Marco Feliciano apaga elogio e diz que está tomando providências contra filme de Danilo Gentili

O deputado virou alvo de críticas de bolsonaristas


Montagem de fotos de Marco Feliciano e Danilo Gentili
Marco Feliciano fez uma nova postagem sobre o longa roteirizado por Danilo Gentili - Reprodução/Instagram

Marco Feliciano virou alvo de críticas de apoiadores do governo de Jair Bolsonaro após uma postagem de 2017 vir à tona. No tweet, o deputado havia elogiado o filme Como se Tornar o Pior Aluno da Escola, roteirizado e protagonizado por Danilo Gentili. O longa foi adicionado no catálogo da Netflix e agora está sendo detonado por conta de uma cena em que o personagem de Fábio Porchat pede sexo oral de duas crianças.

Nesta segunda-feira (14), após a repercussão negativa da obra, Marco Feliciano se manifestou em seu perfil no Twitter. "Comunico que apaguei o tuíte de 2017 onde elogiei o filme do Danilo Gentili. Confesso q não me recordo da cena que faz apologia à pedofilia, devo ter saído para atender telefone", começou ele.

"Se tivesse visto faria o que sempre fiz com outros filmes, teria denunciado. Ainda dá tempo, tomando providências", avisou ele, ainda na mesma publicação.

A postagem do deputado foi ironizada por alguns internautas. "Cheguei a rir alto aqui. "Saí para atender o telefone". Ah, vá!", escreveu Simone, ainda acrescentando alguns emojis de palhaço. "Comunico que tenho um print! Atender o telefone é ótimo", debochou um usuário do microblog identificado como Cláudio.

"Você pode apagar, mas o print é eterno! E confesso que tô me divertindo horrores com a hipocrisia dos 'cidadãos de bem e conservadores'", admitiu Miriam. Confira:

Filha de Silvio Santos detona Danilo Gentili por filme com cena de pedofilia: "Nojo"

Marco Feliciano apaga elogio e diz que está tomando providências contra filme de Danilo Gentili

Filha número três de Silvio Santos, Daniela Beyruti detonou o filme Como se Tornar o Pior Aluno da Escola (2017), protagonizado por Danilo Gentili, nesta segunda-feira (14). Compartilhando o vídeo do deputado estadual André Fernandes, do Ceará, que reproduziu uma cena em que o personagem interpretado por Fábio Porchat pede sexo oral de duas crianças, ela lamentou no Instagram: "Nojo!".

"Nojo de quem escreveu, nojo de quem produziu, nojo de quem dirigiu, nojo de quem atuou! Como pactuar com algo assim? Pedofilia! Abuso sexual! Abuso de autoridade! Que perverso. Que triste", continuou ela. O longa tem roteiro de Danilo Gentili e direção de Fabrício Bittar.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos