Reportar erro
Indignado

Mario Frias se revolta, defende Bolsonaro e parte para cima de Ivete Sangalo

O Secretário de Cultura não gostou do coro feito pela cantora

Montagem de fotos de Jair Bolsonaro com Mario Frias e Ivete Sangalo
Mario Frias não gostou de Ivete Sangalo ter incentivado público a se manifestar contra Bolsonaro - Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 01/01/2022 às 16:45:39

Mario Frias não gostou nem um pouco do coro feito por Ivete Sangalo durante show em Natal, capital do Rio Grande do Norte. No vídeo, que viralizou na web, a cantora incentivou o público que gritava "Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*". Na tarde da última sexta-feira (31), o Secretário Especial de Cultura do Governo Federal saiu em defesa do presidente e criticou a baiana. "A rainha Ivete passou todos os anos de roubo generalizado petista, como meio de impor uma ideologia abominável, no mais absoluto silêncio", escreveu ele, em seu perfil no Twitter.

"Hoje, presta-se ao ridículo papel de ser animadora de militante esquerdista, pois é escrava dos caprichos da elite artística arrogante", completou. Ainda na mesma postagem, Frias compartilhou o vídeo do momento que gerou toda essa repercussão.

Em resposta a Carlos Bolsonaro, que também criticou Ivete por meio de um tweet, o Secretário de Cultura deu sua opinião sobre os artistas que se opõe ao atual governo. "O único objetivo da elite sindical artística é se perpetuar no poder para garantir sua vida nababesca", comentou.

Após ser apoiado por uma professora na mesma rede social, o ex-ator voltou a falar sobre Ivete Sangalo. "De rainha a animadora de festa da esquerda caviar", escreveu.

Vídeo: Ivete Sangalo incentiva coro contra Bolsonaro em show: "Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*"

Imagens de Ivete Sangalo em um show puxando coro contra o presidente Jair Bolsonaro viralizou neste sábado (30) nas redes sociais. Na gravação realizada em Natal (RN), a cantora incentivou a plateia com uma dancinha enquanto os fãs gritavam "Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*". Quando o coro aumentava, a cantora mais incentivava. "Não ouvi! Tá baixinho! Vai acabar escutando de tão alto que foi", disse Ivete em show.

Vale lembrar que Ivete sempre foi criticada por não se posicionar sobre questões políticas, principalmente envolvendo temas mais polêmicos. Em junho, a artista se pronunciou pela primeira vez contra o governo Bolsonaro.

Ivete Sangalo não se calou sobre as críticas que o chefe do executivo vem enfrentando na luta contra o novo coronavírus (Covid-19). "Esse governo que aí está não me representa nem mesmo antes da ideia dele existir", publicou no início da tarde de terça-feira (22) no Instagram.

A cantora começou a postagem explicando que esse é um momento necessário para não deixar dúvidas no ar acerca do seu posicionamento. Após dizer que Bolsonaro não a representa, prosseguiu: "E isso vamos resolver quando unirmos forças nas próximas eleições através do voto".

"Agora vamos nos unir em prol do que podemos fazer nossos espaços para driblar essa desorganização que são: o uso de máscaras, higienização, vacinas e o que mais for necessário. Então, que possamos nos vacinar. Eu sou a favor de vacina para todos", encerrou Ivete.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos