Reportar erro
Alvo da CPI

Luciano Hang vai de verde e amarelo na CPI e é apelidado de Louro José

Empresário foi convocado para prestar depoimento

Luciano Hang e Louro José em foto montagem
Luciano Hang foi comparado com Louro José - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 29/09/2021 às 14:35:00

Luciano Hang, dono das lojas Havan, está depondo na CPI da Covid nesta quarta-feira (29) e foi comparado por muitos internautas com o personagem Louro José. O empresário compareceu na comissão vestido com seu terno verde e amarelo, algemas e uma placa pedindo “liberdade de expressão”.

“O Hang foi pronto pra fazer papagaiada e tá parecendo o Louro José, mas sem o bom humor. Figura patética”, escreveu um internauta. “O papagaio do Bolsonaro foi pronto pra fazer circo. Inacreditável os senadores aceitarem que o Louro José da Havan faça isso”, declaro uma segunda pessoa.

A oitiva de Hang começou cercada de atritos e poucas respostas. Teve um grande bate-boca e provocações entre a situação e oposição, tendo que a audiência ser suspensa por volta das 12h. O depoimento voltou a ser feito 40 minutos depois.

O empresário foi autorizado a exibir um vídeo institucional da Havan, o que gerou críticas dos senadores. “Propaganda dá para rir e para chorar. Dependendo muito do depoimento, às vezes você na propaganda vai perder muito mais do que quando entrou aqui. Propaganda de loja dá para rir e dá para chorar”, disse Omar Aziz.

Confira a repercussão:

Luciano Hang vai de verde e amarelo na CPI e é apelidado de Louro José

Luciano Hang vai de verde e amarelo na CPI e é apelidado de Louro José

Luciano Hang vai de verde e amarelo na CPI e é apelidado de Louro José

Luciano Hang vai de verde e amarelo na CPI e é apelidado de Louro José

Luciano Hang defende vacina

O empresário negou que tenha sido contra a vacinação e relatou que buscou uma forma da iniciativa privada comprar doses dos imunizantes. “Eu não sou e nunca fui contra a vacina, tanto que disponibilizei todos os nossos estacionamentos das nossas megalojas espalhadas pelo Brasil como pontos de vacinação”, relatou.

“Além disso, juntamente com outros empresários fizemos campanha para que a iniciativa privada pudesse comprar para doar e ajudar o País a acelerar o processo de imunização. Fomos apoiados por quase meio milhão de brasileiros em um abaixo-assinado nessa causa”, completou.



TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos