Reportar erro
Abriu o jogo

Walkyria Santos fala sobre sexualidade do filho: "Seria meu filho do mesmo jeito"

Cantora negou que Lucas santos fosse gay

Walkyria ao lado de Lucas Santos
Walkyria fala sobre sexualidade do filho - Reprodução
Redação NT

Publicado em 07/08/2021 às 10:27:00

A cantora Walkyria Santos voltou a conversar com os fãs, na quinta-feira (5), sobre a perda do filho, Lucas Santos, de 16 anos, que tirou a própria vida após sofrer bullying na internet. No Instagram, ela negou que o filho tivesse medo da tia e também negou que o menino fosse gay.

"Dando uma passada um pouco nas redes sociais, vejo muita gente ainda falando 'ah, ele acabou fazendo isso porque tem muito medo da tia, porque a tia bate nele'. Gente, minha irmã é mais do que uma tia, foi muito mais mãe do que eu. Ela repreendia mesmo, muito mais do que eu, até porque eu sempre trabalhei fora cantando e ela tinha que ter aquele pulso firme com eles", explicou a cantora.

Durante a conversa, Walkyria contou que Lucas nunca apanhou da irmã e o pedido para apagar o vídeo aconteceu para poupar o garoto de comentários maldosos: "Lucas tinha uma mania de quando ele fazia alguma coisa, já dizia, 'tia, vou botar uma armadura, viu? Porque sei que a senhora vai me dar uma pisa'. Meu Deus, nunca levou uma pisa, era só beijo e abraço. Não foi o vídeo que ela não estava aprovando, eram os comentários que a gente e já sabia que iam ter, porque as pessoas são ruins demais, maldosas".

Sobre a sexualidade do filho, a cantora disse que amaria Lucas em qualquer circunstância. "E muitos estão perguntando: 'mas ele era gay e estava com medo de assumir?'. Não, gente, meu filho não era gay. E, se fosse, seria meu filho do mesmo jeito. Foi uma brincadeira de adolescente que ele achou que ia ser engraçado, mas as pessoas não entenderam. Por isso que eu e a tia dele pedimos para ele apagar o vídeo, porque eu sei o quanto a internet está doente, eu vivo na internet, e sei que a cabecinha dele não ia aguentar os comentários maldosos e foi isso que aconteceu. Então, parem de julgar. Se ponham um pouco no nosso lugar", completou.

Walkyria Santos afirma que vai lutar por lei contra ciberbullying

A cantora Walkyria Santos fez uma live, na manhã de quinta-feira (5), e conversou com seus fãs sobre a perda do filho, Lucas Santos, de 16 anos, que tirou a própria vida após sofrer bullying na internet. Visivelmente abalada, ela contou que pretende fazer uma lei contra o ciberbullying.

"Hoje está mais difícil que ontem. A gente não para de chorar, a dor não passa, não. Vou lutar atrás de uma lei. Uma lei que vai ter o nome do meu filho, do meu anjo", disse ela.

Durante a conversa, a cantora ainda pediu apoio dos fãs para denuncias as contas fakes que surgiram com o nome de seu filho. "Se vocês puderem denunciar esses perfis que estão aparecendo. O povo não tem o que fazer, meu Deus. Aqui está muito difícil, a gente nem pode chorar. Uma hora quer chorar por causa das crianças. Não posso chorar na frente da minha filha, que fica nervosa. Do meu sobrinho... Não queira perder um filho, não. É uma dor muito grande. Só Deus", concluiu ela.



Mais Notícias
Outros Famosos