Reportar erro
Novo capítulo

Filhas de Gugu são emancipadas e contratam advogado da mãe em meio à insatisfação

Rose ainda busca reconhecimento de união estável

Rose Miriam, Sofia, Marina e Nelson Wilians
Rose Miriam, as filhas e o advogado Nelson Wilians - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 08/07/2021 às 09:50:19,
atualizado em 08/07/2021 às 12:05:31

As filhas gêmeas de Gugu Liberato (1959-2019), Marina e Sofia, foram emancipadas pela mãe, Rose Miriam Di Matteo, tornando-se assim, capazes na esfera cívil. Comunicado enviado à imprensa nesta quinta-feira (8) por Nelson Willians, advogado das jovens, diz que ela estão insatisfeitas com a falta de informações sobre o processo de inventário e administração dos bens, que vem sendo conduzidas pela tia, Aparecida Liberato.

Por conta disso, Sofia e Marina contrataram Nelson, que também é advogado de Rose Miriam e atua no processo de reconhecimento de união estável entre ela e Gugu. Na última semana, ao lado dela, estiveram em seu escritório de advocacia.

Além de uma auditoria independente nas contas do inventário a ser realizada por uma das Big Four, já protocolada, elas querem prestar um depoimento diretamente ao juiz, pois sempre foram a favor de um acordo e nunca estiveram contra a mãe.

As duas também reclamam que vêm tendo seus pedidos ignorados pela tia, Aparecida. Dentre eles, o de fazer um plano de saúde para elas nos Estados Unidos, onde vivem. Juntas, as gêmeas possuem direito a 63% da herança de Gugu. Elas completam 18 anos no mês de dezembro.

A homenagem de Rose Miriam a Gugu

Em abril, quando Gugu completaria 62 anos de idade, recebeu homenagem de Rose Miriam. "Meu querido amor", escreveu Rose Miriam ao postar uma foto ao lado de Gugu no Instagram. Em outra publicação, eles aparecem ao lado dos três filhos, João Augusto, Marina e Sofia. "Que Deus te proteja e te guarde meu amor", legendou a médica na segunda publicação.

Os dois viveram por décadas e Rose é mãe dos três filhos de Gugu. Desde sua morte, vem lutando para provar que tinha uma união estável com o apresentador, que se acidentou em novembro de 2019 nos Estados Unidos.

Procurada para comentar o caso, a assessoria de Gugu afirmou que assuntos sobre sigilo judicial não são comentados pelos advogados.



Mais Notícias
Outros Famosos