Reportar erro
Coleção de polêmicas

De religião a machismo: 5 vezes em que Patrícia Abravanel foi polêmica no SBT

Filha número quatro de Silvio Santos já teve algumas polêmicas registradas

Patrícia Abravanel com expressão de susto
Patrícia Abravanel tem 10 anos no ar e muitas polêmicas - Foto: Reprodução/SBT
Redação NT

Publicado em 04/06/2021 às 06:55:00

Patrícia Abravanel polemizou mais uma vez ao longo desta semana. No Vem pra Cá da última terça-feira (1º), ela causou ao minimizar a homofobia e tratou o clima previsto em lei no Brasil como "opinião" e "conflito de geração". A filha número quatro de Silvio Santos também pediu compreensão da população LGBTQIA+ com os preconceituosos ao dizer que filhos de pais conservadores "estão se abrindo". Mas, esta não é a única fala controversa da apresentadora nessa última década.

No Jogo dos Pontinhos, quadro do Programa Silvio Santos em que ela participava, Patrícia já teve alguns comentários considerados ultrapassados e inadequados, como quando ela afirmou que uma mulher "não pode negar fogo ao marido". Um dia depois, nas redes sociais, justificou que era brincadeira e que mulher não é obrigada a fazer o que não quer.

No mesmo quadro do dominical do SBT, ela já disse que "quem manda mesmo é o homem". "A mulher tem que fingir, ficar quietinha, porque quem manda mesmo é o homem", bradou ela, provocando a ira dos internautas que rapidamente a "cancelaram".

Patrícia Abravanel e fala machista

De religião a machismo: 5 vezes em que Patrícia Abravanel foi polêmica no SBT

Em setembro de 2019, Patrícia Abravanel foi questionada se achava normal mulheres dizerem que estão com dor de cabeça para não fazerem sexo. Ela disse que mulher deve transar mesmo sem vontade. "Uma mulher não pode negar fogo para o marido, ou ele procura em outro lugar, então ela deve estar sempre disponível", defendeu ela.

Lívia Andrade discordou da colega: "Tem que dizer 'não estou afim' e pronto". Dois dias depois, ela bradou que tudo não passou de uma brincadeira.

Quem manda é o homem?

De religião a machismo: 5 vezes em que Patrícia Abravanel foi polêmica no SBT

Em 2017, também no Jogo dos Pntinhos, Patrícia comentou que Lívia Andrade ficaria solteira, já que mulher, segundo ela, não pode ser tão independente. "A mulher tem que fingir, ficar quietinha, porque quem manda mesmo é o homem", falou. A fala acabou repercutindo.

Em outra oportunidade, Patrícia "acusou" Lívia de interesseira e acabou tomando uma "invertida". "Falou a que é casada com político que pegou várias famosas, tá aí na boca do povo...", rebateu Lívia.

Outra fala homofóbica

De religião a machismo: 5 vezes em que Patrícia Abravanel foi polêmica no SBT

No ano de 2016, Patrícia também fez comentários sobre relações homossexuais que não foram bem recebidas pelo público. "cho que a gente tem que ensinar para o jovem de hoje que homem é homem e mulher é mulher. E se por acaso ele tiver alguma coisa dentro dele que fale diferente, aí tudo bem. O que está acontecendo é que estão falando que tudo é bonito e o jovem acaba experimentando coisas que pode vir a se arrepender depois", iniciou.

"Eu não sou contra o homossexualismo [sic], mas sou contra falar que é normal. E outra, mulher com mulher não é tão legal assim. Não tem aquele brinquedo que a gente gosta bastante. Acho bonito quando duas mulheres se amam como duas mulheres. Sou a favor porque o mundo é uma coisa livre. Cada um escolhe o que quer, opção sexual, religião, e o que vai fazer da vida. Cada um com seus problemas e as pessoas tem que respeitar as escolhas", disse.

Normalização da traição

De religião a machismo: 5 vezes em que Patrícia Abravanel foi polêmica no SBT

Em outro Jogo dos Pontinhos em 2019, falou sobre adultério. “É normal ocorrer uma traição. E a mulher tem que perdoar a escapada”, disparou, reforçando que falava em caso de uma única traição e quando há real sentimento de arrependimento.

Mais uma vez, Patrícia foi detonada pelos internautas. Na época, com a alta repercussão da fala, o SBT emitiu um comunicado dizendo que Patrícia contextualizou com a explicação de que é preciso observar o momento em que o casamento se encontra e que há sim situações em que é possível perdoar, principalmente quando se há amor.

O "problema" da mística

De religião a machismo: 5 vezes em que Patrícia Abravanel foi polêmica no SBT

Em 2014, ela falou a população de países mais místicos deixam de trabalhar por conta da religião. E afirma que nações racionais "vão mais pra frente".

"A África é muito mística, e a gente vê as consequências, e os EUA é mais racional, protestante, onde acredita no suor. Então, eu acho que a gente tem que avaliar nossa crença através dos frutos que elas nos trazem", afirmou. O fato pegou mal e ela foi acusada de preconceito.



Mais Notícias
Outros Famosos