Reportar erro
Confusão

Luciana Gimenez manda recado após Fontenelle ironizar decisão da Justiça

Apresentadora entrou com ação contra a atriz

Luciana Gimenez criticou Antonia Fontenelle
Luciana Gimenez mandou indireta para Fontenelle - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 14/05/2021 às 18:15:00

Luciana Gimenez usou os stories do seu perfil do Instagram nesta sexta-feira (14) e comentou sobre a liminar que proibiu Antonia Fontenelle de citá-la. A apresentadora do Superpop mandou indireta após ironias da atriz e declarou que apenas é preciso seguir a determinação da Justiça. A ação foi feita depois do senador Jorge Kajuru criticá-la no canal de Fontenelle, NaLata, no YouTube.

"Para quem reclama da Justiça, eu sugiro pensar duas vezes antes de dar palco para condenado ficar ofendendo os outros. A lei é dura, mas é a lei", disparou Luciana. Apesar de não ter citado nenhum nome, ficou muito claro que se tratava de uma indireta para Antonia.

Na quinta (13), Fontenelle debochou do processo movido por Luciana Gimenez contra ela. A Justiça de São Paulo decidiu que os processos de Luciana contra o senador e Antonia serão julgados em conjunto. A atriz reagiu a decisão da Justiça que a proíbe de citar o nome da apresentadora.

"Essa senhora está cansada, passa por um momento ruim, pai que a excluiu do seguro de vida, término de namoro que acaba com a polícia no meio, apartamento encalhado que não consegue vender, senador que vive proferindo palavras pesadas contra ela, passar por tudo isso deve ser muito difícil mesmo. Eu particularmente não tenho nada contra ela", afirmou.

Luciana Gimenez manda recado após Fontenelle ironizar decisão da Justiça

Luciana Gimenez x Antonia Fontenelle

Luciana Gimenez manda recado após Fontenelle ironizar decisão da Justiça

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o processo contra Fontenelle, que estava em trâmite na 3ª Vara Cível do Foro Regional XI, de Pinheiros, fez menção a ação onde Kajuru é réu, uma vez que se direciona à mesma live no YouTube. Desta forma, o magistrado entendeu que, para evitar decisões conflitantes, as duas devem ser decididas pelo mesmo juiz.

Conforme a decisão, a exposição que foi apresentada por Gimenez foi insuficiente para afastar a possibilidade de conexão com a do político. Com isso, o processo agora será encaminhado para a 1ª Vara Cível do Foro Regional.



Mais Notícias
Outros Famosos