Reportar erro
Morte precoce

Multishow faz homenagem para Paulo Gustavo: “Parte da nossa história”

Humorista morreu em consequência de complicações da Covid-19

Paulo Gustavo posa em janela
Multishow lamenta morte de Paulo Gustavo - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 04/05/2021 às 23:35:16,
atualizado em 05/05/2021 às 12:40:13

O Multishow lamentou a morte de Paulo Gustavo. O humorista estrelou programas, como o “Vai que Cola” (2013) no canal. O ator faleceu em decorrência de complicações da Covid-19, na noite desta terça-feira (4), aos 42 anos.

“Hoje, o Brasil perde um de seus artistas mais queridos. Para o público, um ídolo, um gênio da comédia. Para nós do Multishow, além de tudo isso, também um amigo e uma parte importante da nossa história. Paulo Gustavo era energia pura, um talento nato, um grande artista. Fazia seu trabalho com maestria e foi responsável por encorajar e abrir portas para toda uma nova geração de humoristas”, disse o canal, em nota.

O Multishow completou: “Democratizou o humor e levou para a TV toda a sua capacidade artística, seus personagens que eram intensos e reais. Além de excelente ator, ele foi um roteirista preciso, com textos leves e recheados de nuances. Usou seus personagens e sua própria imagem como voz ativa na luta por pautas importantes da sociedade, como o racismo e a homofobia”.  

Paulo Gustavo chegou ao Multishow em 2011

Paulo chegou ao Multishow em 2011 com o “220 Volts – A Série”, com personagens que ficaram na história, como Senhora dos Absurdos, Sem Noção e Dona Hermínia, inspirada em sua mãe, Dona Déa.

O humorista ainda estrelou “Vai Que Cola” (2013), ao lado de Marcus Majella, Tatá Werneck e Samantha Schmütz; “Paulo Gustavo Na Estrada” (2014), que mostrou os bastidores de sua turnê pelos teatros do Brasil; “A Vila” (2017), uma sitcom que mostrava as confusões do ex-palhaço Rique, e “Além da Ilha”, uma comédia thriller em parceria com o Globoplay.

“À família do Paulo – Dona Déa, Júlio Marcos, Ju Amaral, Thales e os meninos, Gael e Romeu – todo o nosso carinho e solidariedade. Que a longa e difícil luta do Paulo pela vida seja um marco para que nosso país se una no combate à pandemia. Nós, da Família Multishow, estamos profundamente abalados, mas seguiremos com a missão do Paulo Gustavo, que era a de tornar o humor uma forma de cura, de alento, de escape para essa loucura toda que vivemos”, concluiu o Multishow a nota de pesar.

Paulo Gustavo tinha 42 anos e estava internado em estado grave no Hospital CopaStar, localizado na zona sul do Rio de Janeiro, deste o dia 13 março, há quase dois meses. O ator era casado há cinco anos com o dermatologista Thales Bretas e tinha dois filhos gerados por barriga de aluguel.



Outros Famosos