Reportar erro
Sem teto

Justiça ordena o despejo da viúva de João Gilberto por dívida de aluguel

Maria do Céu Harris deve deixar o apartamento do Leblon, no Rio

João Gilberto tocando violão e cantando em show
Viúva de João Gilberto é despejada de apartamento - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 06/04/2021 às 17:18:00

Na tarde desta terça-feira (6), a Justiça do Rio de Janeiro determinou o despejo de Maria do Céu Harris, viúva do músico João Gilberto, morto em 2019, do apartamento onde morava com o cantor. A decisão é do juiz Paulo Roberto Campos Fragoso. O imóvel em questão fica localizado na Rua Carlos Góis, número 234, no bairro do Leblon, um dos pontos mais caros do Brasil.

João Gilberto viveu na residência até seu falecimento, há quase dois anos, e, atualmente está ocupado pela ex-companheira do cantor. O aluguel do apartamento gira em torno de R$ 7 mil e não era pago nem pela filha do cantor, Bebel Gilberto, que tinha a curatela do pai.

João Gilberto, considerado um dos pais da bossa nova, morreu no dia 06 de julho de 2019, aos 88 anos. A causa da morte não foi revelada, mas a informação foi confirmada por familiares do músico, como o filho Marcelo e a neta Sofia.

João Gilberto deixou a viúva e três filhos, Bebel, Marcelo e Luisa. Dois dias depois de sua morte, o cantor foi enterrado em Niterói, no Rio de Janeiro. Após a despedida de fãs e familiares durante velório no último domingo e hoje ao longo da manhã, o corpo de um dos criadores da Bossa Nova foi levado ao Cemitério Parque da Colina, onde ocorreu o enterro.

Relembre como foi o velório de João Gilberto

O corpo de João Gilberto foi velado no Theatro Municipal, em evento aberto ao público que contou com a presença de uma série de artistas e cantores que são conhecidos do grande público.

Além disso, amigos e familiares fizeram questão de prestar a última homenagem a um dos intérpretes de "Garota de Ipanema". O velório foi aberto ao público a partir das 10h da manhã e milhares de pessoas passaram pelo local.

Mais Notícias
Outros Famosos