Reportar erro
Cantor

João Gilberto tem missa de sétimo dia celebrada no Rio de Janeiro

João Gilberto
Divulgação
Redação NT

Publicado em 14/07/2019 às 17:22:50

Na tarde desse sábado (13), foi celebrado a missa de sétimo dia em homenagem ao cantor João Gilberto pelo padre Omar Raposo. A celebração aconteceu na Igreja de São José, na Lagoa, zona sul do Rio de Janeiro.

João Gilberto, músico, cantor e compositor, ficou conhecido como o pai da Bossa Nova. Ele morreu aos 88 anos.

Na missa estavam presentes as filhas de Bebel Gilberto, Luiza Carolina, assim como parentes e amigos, além dos cantores Moraes Moreira e Marisa Monte.

João Gilberto

Recluso há décadas, sem conceder entrevistas ou receber pessoas em casa, exceto familiares, João Gilberto foi interditado judicialmente pela filha Bebel em 2017. A motivação foi pela idade avançada do pai e sua precária situação financeira, chegando a ser despejado do apartamento em que vivia no Leblon, Zona Sul do Rio, por dever anos de aluguel.

João Gilberto é chamado de o pai da bossa por concluir, em 1961, a trilogia de álbuns que apresentaram a bossa nova ao mundo: "Chega de saudade" (1959), "O amor, o sorriso e a flor" (1960) e "João Gilberto" (1961).
Depois, lançou criações próprias e seguiu com shows e discos que fizeram sucesso no mundo todo, como "Amoroso", gravado nos Estados Unidos entre 1976 e 1977.

Morou em Nova York por vários anos, até retornar ao Brasil em 1980. Seus últimos álbuns foram "João, Voz e Violão" (2000), que ganhou o Grammy na categoria Best World Music Álbum, e o CD "João Gilberto in Tokyo" (2004).

Mais Notícias
Outros Famosos