Reportar erro
Polêmica

Polícia encontra sangue na roupa de MC que acusa Anderson do Molejo de estupro

Cantor nega acusação

Polícia encontra sangue na roupa de MC que acusa Anderson do Molejo de estupro
Anderson do Molejo e MC Maylon - Foto: Montagem/Reprodução

Redação NT

Publicado em 09/02/2021 às 15:50:47,
atualizado em 09/02/2021 às 16:02:07

A polícia civil do Rio de Janeiro confirmou a presença de sangue e esperma nas roupas de Maycon Douglas Pinto do Nascimento Adão, de 21 anos, conhecido como MC Maylon. O jovem acusa Anderson Leonardo, do grupo Molejo, de estupro. O cantor nega.

"De acordo com a 33ª DP (Realengo), funcionários do motel e outras testemunhas prestarão depoimento esta semana. A delegacia informou, ainda, que o laudo na peça de roupa da vítima ficou pronto e comprovou resíduos de sangue e de esperma", afirma a nota enviada para a Quem.

Em depoimento, Maylon contou ao delegado Reginaldo Guilherme que o crime teria acontecido em dezembro de 2020. Na ocasião, o famoso teria marcado uma reunião, mas ao invés de irem para um local que pudessem conversar e fazer uma refeição, o levou para um motel chamado Queen, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio. Lá, o MC teria sido empurrado na cama, e assim foi forçado a ter relação sexual.

Anderson do Molejo vai processar MC após ser acusado de estupro

Assim que o assunto começou a ganhar grande proporção, o vocalista do Molejo negou tudo. Além disso, sua defesa ainda revelou que um processo será iniciado contra Maylon.

"Inicialmente, estamos buscando esclarecer junto às autoridades policiais todas as provas e depoimentos necessários para mostrar que não houve crime de estupro [por parte do cantor]. Em seguida, também pretendemos adotar medidas cabíveis para que a suposta vítima venha indenizar o Anderson pelos danos causados. O rapaz precisará responder tanto civil quanto criminalmente por calúnia e difamação. Vamos adotar medidas judiciais na esfera cível pela informação inverídica", explicou.



Mais Notícias