Reportar erro
Recordar é viver

Maitê Proença classifica seus ensaios da Playboy como "revolucionários"

Atriz recordou ensaios na década de 80 e 90

Maitê Proença
Maitê Proença recorda trabalhos na Playboy - Divulgação
Redação NT

Publicado em 02/02/2021 às 11:31:08,
atualizado em 02/02/2021 às 11:48:43

Maitê Proença abriu a caixinha de perguntas e respostas em seu Instagram e abriu o jogo sobre sua vida pessoal e também recordou seus ensaios para a revista Playboy.

Atualmente, a atriz declarou que está solteira. E ainda brincou: "Só se meu príncipe cair do teto porque não tenho saído de casa. Agora vai ser difícil, mas estamos abertos, nunca se sabe. Quem sabe não vem num drone ou não apareça trazido por uma cegonha".

Os ensaios protagonizados na Playboy em 1987 e 1996 também foram tema: "Os dois foram revolucionários porque não se fazia isso naquele tipo de revista. Eu só fiz para mostrar que era possível não ser vulgar naquela publicação. Fazer numa revista de arte, seria o esperado, ali não".

Seus fãs também pediram ajuda no quesito amor. E ela afirmou que o amor platônico, mesmo que seja platônico, sempre vale: "Quando a gente está apaixonado e o sexo é uma porcaria, a gente segue naquilo. E não pelo sexo. É o amor que faz o coração pular e bater. Amor sempre vale a pena".

A carreira de Maitê Proença

Maitê começou sua carreira na extinta TV Tupi, na novela Dinheiro Vivo (1979). Na Globo desde 1980, emplacou consecutivos papéis, mas um dos seus maiores sucessos foi em Dona Beija (1986).

Seu último trabalho na Globo foi na novela Liberdade Liberdade (2016). Ela também esteve em Me Chama de Bruna (2017), série da Fox.



Mais Notícias
Outros Famosos