Novo rumo

Luciano Camargo prepara disco gospel e revela pedido da sua mãe

Álbum será lançado no dia 16 de outubro

Luciano Camargo prepara disco gospel e revela pedido da sua mãe
Luciano revelou sonho de cantar música gospel - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 29/09/2020 às 10:23:00 ,
atualizado em 29/09/2020 às 10:27:29

Por: Redação NT

Luciano Camargo, da dupla com Zezé Di Camargo, aproveitou o período de quarentena para investir na carreira solo e gravar um álbum gospel pela Sony Music. O cantor confessou que realizou um sonho dele e da sua mãe e a produção contará com 16 músicas. O lançamento ocorrerá em todas as plataformas digitais no dia 16 de outubro.

De acordo com informações publicadas nesta terça-feira (29) pela colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o disco se chamará A Ti Entrego e haverá participação especial de uma cantora gospel famosa, mas ainda não há detalhes de quem se apresentará ao lado de Luciano. O disco será traduzido em EPs e o responsável pelo desenvolvimento digital e gerenciamento da produção é a empresa Inova.

Reina, Oh, Glória, Eu sou teu, Tempo, Te necessito (versões em espanhol e português), Perdão, Ele é Jesus, Seu templo sou eu, Águas tranquilas, Tu sabes, Senhor, Olhos não viram, Exaltado, Eu me rendo, Obra de amor e Templo são as canções que farão parte do álbum. As músicas têm compositores conhecidos do mundo gospel, como Freire, André e Raquel Freire.

O lançamento acontecerá no dia 16 de outubro, quando Luciano comemora aniversário de 17 anos de casamento com Flávia Fonseca. Os dois tiveram juntos duas filhas, Helena e Isabella. O sertanejo também é pai de Talita e Nathan.

Luciano atende pedido da mãe

Em entrevista ao Fantástico no último domingo (27), Luciano explicou que estava realizando um sonho e atendendo ao pedido da sua mãe, Dona Helena. Ela sempre desejou que o filho gravasse um disco apenas com canções religiosas.

“Eu tirei essa fase da pandemia para realizar um sonho. O sonho é fazer esse projeto que é cantar louvores”, revelou o cantor. “Um dia eu tava cantando na fazenda e minha mãe chegou. Aí ela me abraçou e disse: ‘filho, um dia você grava um louvor pra sua mãe?’. Aí eu falei: ‘mãe, um dia eu gravo’”, relatou.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!