Reportar erro
Polêmica

Neymar é criticado e Rafaella sai em defesa do irmão: "Melhor você ficar quieto"

Internauta pediu que o jogador faça mais gols no Campeonato Francês

Rafaella e Neymar
Rafaella defendeu Neymar - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 17/09/2020 às 12:37:00

Neymar foi punido após dar um soco e acusar o zagueiro Álvaro González de ter cometido um ato de racismo em um jogo do Campeonato Francês no último domingo (13). Um perfil criticou o craque da seleção brasileira e Rafaella Santos saiu em defesa do irmão.

“Alguém avisa a Neymar que quem perde com tudo isso é ele. O caso de racismo não vai esconder o mesmo comportamento que Neymar sempre tem. Todo ano é isso, gancho e suspensão. Não constrói números relevantes uma temporada sequer. Não faz 20 gols nesse campeonato francês. Vive de férias nesse campeonato. E se metendo em polêmica, se colocando no nível desses jogadores de francês. Ao invés de procurar jogar o campeonato e construir números. A diferença está na mentalidade. Triste. O caso de racismo não vai esconder isso. É sempre a mesma coisa, Neymar, todo ano. Vai fazer 13 gols no campeonato francês e 20 na temporada. Uma pena”, escreveu o internauta.

Rafaella não gostou do que leu e pediu que o perfil não fizesse aquele tipo de comentário. “Melhor você ficar quieto”. Contudo, o rapaz não se deu por satisfeito e resolveu continuar opinando sobre o assunto.

“Amigo não é só quem passa a mão na cabeça, é quem quem fala a verdade e busca trazer crítica construtiva em apoio a Neymar. A liga francesa é um mangue e todo mundo sabe. Não é dúvida pra ninguém que Neymar ia ser punido mesmo estando certo. Por favor, você que é irmã, leve a mensagem ao jogador, de que ele precisa terminar ao menos uma temporada com mais de 30 gols nesse campeonato ridículo”, disparou.

Neymar e a acusação de racismo

Neymar é criticado e Rafaella sai em defesa do irmão: \"Melhor você ficar quieto\"

PSG e Olympique de Marselha jogavam pelo Campeonato Francês, quando Di María, ainda no primeiro tempo, cuspiu em Gonzáles. O argentino avisou o árbitro que o adversário havia sido racista e Neymar reforçou as reclamações. “Racismo, não”, disparou o craque.

No fim da partida, com o nervosismo do jogo, Neymar continuou falando do racismo e acertou um "cascudo" em Álvaro. “VAR pegar a minha ‘agressão’ é mole. Agora eu quero ver pegar a imagem do racista me chamando de ‘mono hijo de puta’ (macaco filha da p***). Isso eu quero ver!”, desabafou o atleta pelo Twitter. “Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca”, concluiu.

Mais Notícias
Outros Famosos