Quebrou quarentena

Gabriela Pugliesi volta ao Instagram após três meses e diz que "linchamento" a ajudou

A influenciadora desativou o perfil enquanto perdia centenas de milhares de seguidores

Gabriela Pugliesi volta ao Instagram após três meses e diz que
A influenciadora digital Gabriela Pugliesi

Publicado em 20/07/2020 às 19:33:22

Por: Paulo Pacheco

Gabriela Pugliesi voltou ao Instagram três meses após quebrado a quarentena e recebido convidados para uma festa em sua casa. A influenciadora digital perdeu mais de 150 mil seguidores e desativou o perfil na rede social, uma de suas ferramentas mais importantes de trabalho.

Em vídeo de 13 minutos, publicado no Instagram, Pugliesi reforça o pedido de desculpas já dado logo após ser criticada por desrespeitar a quarentena recomendada para impedir a propagação do novo coronavírus. Ela ainda disse que "se perdoou" e afirmou que o "linchamento" virtual que sofreu a ajudou a refletir sobre seu ato.

"Vivi dias extremamente necessários fora da internet", refletiu Pugliesi no início do vídeo. Ela ainda classificou a festa como um "erro imaturo e inconsequente": Fiquei bêbada, falei besteira, esta muito feliz e esqueci do mundo".

A influenciadora ainda disse que passou a questionar suas atitudes: "Foi muito difícil me perdoar, porque fui completamente incoerente com a pessoa que sou de verdade, porque sei que eu me preocupo com os outro, com o mundo, cm a vida, com a saúde, principalmente, por isso a incoerência, mas somos humanos".

Em outro momento, Gabriela atribui o erro que cometeu a um "plano de Deus" para tirá-la da zona de conforto e agradeceu pelas críticas e ataques que recebeu em sua rede social.

"Foram vocês, a galera do linchamento e cancelamento de pessoas, foram vocês que mais me ajudaram nesse tempo todo, porque, na vida, quando a gente não se coloca nunca como vítima e sim como responsáveis como tudo que acontece na nossa vida, a gente não só compreende a dor como aprende com ela", analisou.

 

Festa polêmica

A polêmica que a musa se envolveu chamou a atenção porque ela foi uma das primeiras pessoas do Brasil a contrair a Covid-19 e durante o casamento da irmã da influenciadora teria sido responsável pela proliferação do vídeo no Brasil, no início da pandemia, tendo contagiado nomes como Preta Gil e Fernanda Paes Leme.

Mesmo tendo gravado vídeo em que pede desculpas e se disse arrependida pelo erro, Gabriela continuou perdendo seguidores e contratos quando a situação passou a repercutir.

Quem tentou acessar o perfil da influenciadora via a mensagem de que não há publicação, embora todas as informações continuem no ar, inclusive o número de seguidores, que atualmente está na casa dos 4,4 milhões.

 

 


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!