Polêmica

Rachel Sheherazade opina sobre caso Porta dos Fundos: "Não gostou? Não assista"

Apresentadora do SBT Brasil não pode tecer comentários no jornal

Rachel Sheherazade opina sobre caso Porta dos Fundos:
Rachel Sheherazade comentou caso Porta dos Fundos. Foto: Divulgação

Publicado em 10/01/2020 às 13:10:27

Por: Naian Lucas

Rachel Sheherazade usou sua conta no Twitter no início da madrugada desta sexta-feira (10) para comentar sobre o caso envolvendo o filme do Porta dos Fundos para a Netflix, que vem causando uma verdadeira batalha judicial. Para a jornalista do SBT, quem não gosta deste tipo de proposta deveria se limitar a não assistir a produção.

Em uma postagem rápida, a âncora do SBT Brasil defendeu o direito de que o especial permaneça disponível e se posicionou contra censura. "Não gostou do filme da Porta dos Fundos? Não assista. Vc não é obrigado. Isso vale pra tudo. Uma piada te afronta? Não veja", escreveu ela.

Impedida por Silvio Santos de tecer opinião durante o jornal, a profissional que terá um ano decisivo na emissora tem usado as redes sociais para defender causas que acredita e ela continuou seu discurso sobre o tema. "Uma opinião te choca, não ouça. Um comportamento te soa imoral, não copie. Faz o que te faz feliz e deixa a vida dos outros em paz. Isso se chama RESPEITO", concluiu Sheherazade.

O comentário foi feita horas depois do STF (Supremo Tribunal Federal) derrubar uma liminar da Justiça do Rio de Janeiro, liberando novamente o especial de Natal do Porta dos Fundos no catálogo da Netflix.

Rachel Sheherazade e outros defendem Porta dos Fundos

A jornalista do SBT não foi a única a se manifestar favorável à produtora Porta dos Fundos no caso envolvendo a proibição. Outros profissionais fizeram questão de postar mensagens de apoio à trupe de humor, mesmo enquanto a proibição estava em vigor.

O humorista Paulo Vieira, atualmente na Globo, chegou a comentar sobre o caso e defendeu o Porta dos Fundos, afirmando que o especial de Natal o deixou zero ofendido.

Especial de Natal do Porta dos Fundos

Toda polêmica em torno do Porta dos Fundos começou devido ao especial de Natal do grupo, lançado na Netflix.

No filme, Jesus é retratado como gay e é surpreendido com uma festa de aniversário de 30 anos. A certa altura, Maria e José, os pais do aniversariante, fazem uma revelação: ele foi adotado e seu verdadeiro pai é Deus. Outra das surpresas é que Jesus poderia estar em um relacionamento com outro homem.

Gregório Duvivier, Fábio Porchat, João Vicente de Castro, Antonio Tabet, Thati Lopes e Rafael Portugal são alguns dos humoristas do Porta dos Fundos.

Após críticas nas redes sociais, no dia 24 de dezembro, a sede do Porta dos Fundos no Rio de Janeiro foi atacado com bombas de coquetel molotov. 

Desde então, a polícia investiga o caso e conseguiu identificar um homem que participou do crime. Eduardo Fauzi foi o único a aparecer em câmeras de segurança com o rosto descoberto e teve seu mandado de prisão expedido.

Acontece que quando saiu a ordem, Eduardo já havia embarcado para a Rússia e é considerado foragido, entrando na lista vermelha da Interpol, podendo ser preso pela polícia de qualquer país em que esteja. 




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!