Reportar erro
Polêmica

Márcia Goldschmidt comenta possível volta de goleiro Bruno ao futebol: "Não concordo"

Ela não deixou de manifestar sua opinião

Márcia Goldschmidt posa para foto
Márcia Goldschmidt comentou caso do goleiro Bruno. Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 09/01/2020 às 20:26:19

A polêmica envolvendo o nome do goleiro Bruno continua repercutindo entre artistas e jornalistas. Márcia Goldschmidt, através de um comentário no Instagram, seguiu o mesmo raciocínio de Jéssica Senra e se mostrou contrária ao contrato do jogador para ele voltar aos gramados.

“Brincadeira de muito mau gosto é ele voltar a jogar como se nada tivesse acontecido! Absurdo! Se ele já cumpriu pena – ok – mas que volte pro futebol um esporte onde milhões de jovens se espelham – Não concordo”, disparou.

Em dezembro de 2010, Márcia se envolveu no caso do assassinato de Eliza Samudio e entrevistou com exclusividade a mãe da vítima. “O plano de Bruno era dar fim ao meu neto. Ele era capaz disso... Apenas não teve tempo”, afirmou Sônia Samudio na época no programa da apresentadora na Band.

Bruno foi condenado a 22 anos por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e uso de meio que dificultou a defesa da vítima), cárcere privado e sequestro de Eliza e do filho deles Bruninho, e ocultação de cadáver, mas conseguiu o regime semi-aberto em julho deste ano.

O goleiro recebeu propostas para retornar aos gramados e ficou muito próximo de fechar com o Fluminense de Feira de Santana, da Bahia. A torcida ficou revoltada e ganhou apoio da jornalista Jéssica Senra.

“A pessoa que cometeu um erro e já pagou por ele, em termos judiciais, precisa poder refazer sua vida. E, legalmente, não há nenhum impedimento para que ela exerça qualquer profissão que esteja habilitada. Mas, no caso do feminicida Bruno, e a profissão de atleta, isso é moral?”, questionou a âncora do Bahia Meio-Dia, da TV Bahia, afiliada da Globo.

“Desejamos e precisamos que pessoas que cometem crimes tenham a possibildiade de refazer suas vidas mas, diante de um crime tão bárbaro, tão cruel, poderíamos tolerar que o feminicida Bruno voltasse à posição de ídolo? Que mensagem mandaríamos para a sociedade?”, acrescentou. A diretoria do Fluminense de Feira de Santana voltou atrás e informou que não contrataria mais o goleiro.

 Márcia Goldschmidt comenta possível volta de goleiro Bruno ao futebol: \"Não concordo\"

Márcia Goldschmidt seguiu discurso de Chris Flores

Outra apresentadora que criticou a possível contratação foi Chris Flores, no Fofocalizando na última quarta-feira (8). Ela falou sobre exemplo e que não era um bom recado contratar Bruno para voltar a jogar futebol.

“Agora ser um goleiro de fama que vai tirar selfie, que vai ser exemplo. Porque, desculpe, querendo ou não um ídolo, uma pessoa que está a frente de um esporte de massa como é o futebol ele acaba sendo exemplo, principalmente para as crianças”, opinou.

Mais Notícias
Outros Famosos