Alerta

Remédio secreto dos famosos para secar barriga pode provocar acidentes de trânsito

Especialista alerta sobre os problemas de utilizar o remédio sem acompanhamento médico

Remédio secreto dos famosos para secar barriga pode provocar acidentes de trânsito
Divulgação

Publicado em 28/06/2019 às 05:25:11

Por: Daniel César

Sem acompanhamento correto, alguns atores, apresentadores de TV e rainhas de bateria estão utilizando o medicamento Saxenda, que é indicado para o tratamento de diabetes, para emagrecer de forma instantânea.  Mas os efeitos colaterais deste remédio em busca do corpo perfeito pode até provocar morte no trânsito, alertam especialistas.

A reportagem fez uma pesquisa e encontrou o medicamento secreto dos famosos com preços que variam entre os R$ 500 e os R$ 800.  O Saxenda é vendido em três cápsulas para consumo e que, no caso de quem queira emagrecer, dura por apenas um mês. A aplicação é via injeção.

O NaTelinha conversou com o Doutor Cláudio Ambrósio, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabolismo e  especialista  em tratamentos Endócrino-metabólicos.  Conhecido como os médicos das celebridades.

Dr. Cláudio Ambrósio é taxativo ao afirmar que não recomenda a medicação para quem quer emagrecer. “Eu não vejo com bons olhos o uso do Saxenda para emagrecimento rápido e não é uma prática que utilizo na minha clínica. Ele é voltado para quem tem alto índice de glicose, se sua glicose está normal e você toma, automaticamente vai ter menos que o ideal e isso pode acarretar muitos problemas”, destaca.

E completa: “quando eles vêm até mim é porque o tratamento não deu certo e querem estabelecer uma forma padrão na busca pelo emagrecimento, são muitos os casos porque o remédio oferece muitos efeitos prejudiciais”.

Morte no trânsito

O médico foi questionado quais os efeitos podem ocorrer com a glicose baixa e lembrou que há relatos de pacientes que ficam com confusão mental, além de ter reflexos comprometidos e movimentos comprometidos.

“Existem relatos de muitos efeitos adversos. Náuseas, vômitos e tonturas. Muitos pacientes que começam a utilizar esse remédio para emagrecer interrompem esse medicamento por causa dos efeitos colaterais. Se um paciente utiliza essa medicação e está dirigindo, pode ser responsável por um acidente de trânsito”, exemplificou.

A medicação, por ser destinada ao tratamento de uma doença crônica, somente pode ser vendido sob recomendação médica, porém, celebridades adquirem o remédio de alguma forma que não é a prescrita e sem um acompanhamento médico.

O doutor Cláudio ainda explicou que causa estranheza essa quantidade de pessoas, inclusive famosos, que vem utilizando a medicação para emagrecer sem que sejam obesos ou tenham diabetes. E alerta que o ideal é que, quem esteja insatisfeito com seu peso, que procure um especialista confiável e não busque saídas milagrosas.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!