Susto

Compadre Washington é assaltado e vai parar no hospital

Caso aconteceu em São Paulo neste fim de semana

Compadre Washington é assaltado e vai parar no hospital
Compare Washington foi assaltado. Foto: Divulgação

Redação NT
i

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 20/05/2019 às 15:30:23

O cantor Compadre Washington foi parar no hospital no início da manhã desta segunda-feira (20). Ele precisou ser hospitalizado após sofrer um assalto na cidade de São Paulo pouco depois de ter se apresentado na Virada Cultural, que reuniu dezenas de cantores da música brasileira.

Segundo nota de esclarecimento postada nas redes sociais pela assessoria do vocalista da banda É o Tchan, ele foi assaltado e acabou caindo e batendo a cabeça, o que lhe causou ferimento. O cantor foi internado no Hospital das Clínicas, que fica na Zona Oeste da capital paulista.

Compadre Washington estaria numa lanchonete na Rua da Consolação, quando foi surpreendido por assaltantes que o derrubaram e roubaram seu smartphone, fugindo em seguida. Os ferimentos causados pela queda do cantor fizeram com que a assessoria o levasse imediatamente para ser hospitalizado a fim de realizar exames e evitar alguma complicação.

A queda teria ocorrido por conta de uma suposta rasteira que os assaltantes teriam aplicado antes de fugirem. Mesmo assim, o hospital informou que o quadro de saúde do cantor é estável e ele não corre nenhum risco. Já a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que os assaltantes fugiram e não há pistas sobre o paradeiro.

O É o Tchan participou da Virada Cultural no Centro de São Paulo no último domingo (19). Ao lado do Terra Samba, a banda cantou suas principais canções que fizeram sucesso nos anos 90. 

Ao longo de todo final de semana, vários cantores participaram do evento, como é o caso de Aline Barros, cantora gospel que acabou envolvida numa confusão ao pedir que o público parasse de xingar o presidente Jair Bolsonaro.

Não há informações oficiais sobre quando Compadre Washington deverá ter alta do Hospital das Clínicas. Sua assessoria informou que todas as medidas estão sendo tomadas, mas não deu mais informações.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!