Pediu desculpas

Ex-Paquita Pituxita confessa erro em automutilação: "Estava com ódio de mim"

Ana Paula Pituxita participou do "Superpop" e falou sobre polêmico vídeo após acusar marido de agressão

Ex-Paquita Pituxita confessa erro em automutilação:
Ana Paula Pituxita pediu desculpas por erro no "Superpop"

Redação NT
i

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 16/05/2019 às 12:39:43 Atualizado em 16/05/2019 às 19:44:01

A ex-Paquita Ana Paula Pituxita foi a convidada do programa "Superpop" desta quarta-feira (15), na RedeTV!, e falou sobre toda a polêmica em torno da acusação de agressão do ex-marido e a revelação de um vídeo em que ela aparece se automutilando antes de ir à delegacia, onde conseguiu uma medida protetiva.

Para Luciana Gimenez, Pituxita narrou como foi a última briga com o empresário José Roberto Barbosa, que aconteceu no dia 16 de abril na área externa da casa em um condomínio onde moravam no Rio de Janeiro.

Segundo a ex-Paquita, o local passava por obras e contava com materiais de construção. "Ele me jogou nos tijolos. Chegou em um nível que não tinha mais respeito das duas partes. Eu comecei a ficar em pânico, estava com ódio de mim", disse.

Foi aí que ela começou a se mutilar. "Peguei a minha unha e comecei a me rasgar. Quando eu vi que estava lascada de tijolo, rasguei ainda mais. Eu estava querendo me arranhar, estava com ódio de mim", confessou.

E seguiu seu depoimento: "Quando ele voltou e viu aquela situação, falou: 'você é louca, eu não fiz nada disso'. Ele já tinha me agredido, eu não precisava me rasgar. Eu fui me machucando porque estava com ódio de mim. No dia que fiz o corpo de delito devia ter falado que também me rasguei. Esse foi meu erro, mas fiquei com medo".

Ana Paula ainda contou que as brigas eram constantes e que tinha medo de ser morta pelo marido. "Todos os dias, ainda penso. Achava que ele poderia me matar. A gente dormia em quartos separados", bradou.

Pituxita se curvou e disse ter vergonha pelo fato de ter se arranhado e não contado o fato para ninguém, e pediu desculpas: "Ninguém sabia, nem pessoas do meu passado, assessora, advogado. Nunca tinha feito nada contra minha vida ou meu corpo. Tenho que falar a verdade, vou ser punida. Estou com vergonha pelo meu ato, não fiz contra ele, mas contra mim. Eu errei, eu me envergonho, na hora do desespero, eu fiz. Peço desculpas ao meu público".

Também na entrevista, a ex-Paquita explicou que ainda estava com José Roberto Barbosa por causa do filho: "Eu não amava mais ele, queria que meu filho visse a família reconstruída. Fomos em dois psiquiatras, no meu [exame] não deu nada, ele faz tratamento de esquizofrenia e bipolaridade, mas não deu sequência aos remédios. Muitas vezes a gente brigava na frente do nosso filho", afirmou.

E contou que a situação ficou insustentável depois de flagrar o marido conversando com cinco mulheres em aplicativo de relacionamento no celular e ver que ele havia chamado um amigo para uma casa de swing. "E tem um terceiro motivo mais forte, que não posso falar", fez mistério.

Outro lado

Na última terça (14), o ex-marido de Ana Paula Pituxita participou do programa "A Tarde é Sua", também na RedeTV!, e deu sua versão dos fatos.

O empresário nega qualquer agressão na mulher, mas afirma que ela o provocava para tal. "Se você perceber, no vídeo do tapa na cara que ela me deu, diz tudo. Ela disse: ‘Eu vou conseguir o que quero’. O que ela queria era que eu a agredisse. Eu fui tomar café da manhã, dei bom dia e nesse momento ela jogou água na minha cara, então peguei a câmera e filmei a cozinha”.

José Roberto também falou sobre o filho de 12 anos: “Eu quero estar com meu filho e frequentar os lugares que eu sempre frequentei. Me ameaçavam, diziam: ‘Quero ver bater em homem'”. “Eu tenho muitas coisas para falar e provar, mas isso só quando o juiz autorizar”, finalizou.

Guerra pelas imagens

Na segunda (13), quase ao mesmo tempo, "Fofocalizando", do SBT, e "A Tarde é Sua" exibiram o vídeo em que Ana Paula Pituxita aparece se automutilando.

Ao final da edição, Leo Dias acusou a atração de Sonia Abrão de ter roubado as imagens. A apresentadora ficou sabendo e detonou no mesmo dia: "É uma coisa muito desagradável, constrangedora, a gente cansa de passar por esse tipo de situação, com falsos colegas que resolve dizer que nós chupamos matérias, que nós marcamos entrevistas com quem já tinha marcado, que nós roubamos imagens. Nada disso existe".

O jornalista do SBT e do UOL garantiu, em conversa com o NaTelinha, que teria recebido o vídeo primeiro. Já Sonia Abrão afirma que Alessandro Lobianco, que participa do seu vespertino diretamente do Rio de Janeiro, conseguiu as imagens primeiro. Em seu perfil no Instagram, ele ironizou a situação e disse que obteve tudo de graça, dando a entender que o SBT pagou.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!