Biografia

"Não tenho possibilidade de consertar nada, mas tenho obrigação de denunciar. Essa é a primeira obrigação do humorista. Humor é tudo, até engraçado"

  • Nome: Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho
  • Nascimento: 12/04/1931
  • Falecimento: 23/03/2012
  • Sígno: Áries
  • Profissão: Ator / Humorista
  • País: Brasil
  • Cidade: Maranguape (CE)

Chico Anysio foi ator e humorista, considerado um dos principais comediantes da história da TV brasileira. Mudou-se com a família para o Rio de Janeiro ainda na infância, nos anos 1930. Mais tarde, ingressou na carreira de locutor de rádio. Até a década de 1950, já despontava como radioator e comentarista de futebol, trabalhando também como roteirista.

Do rádio, foi para o cinema e para a televisão. A partir da década de 1960, passou a apresentar o Chico Anysio Show, formado por esquetes de humor. A atração ia ao ar pela TV Rio, que mais tarde se transformou na Globo. Nos anos seguintes, ele se transformou em um dos principais nomes da emissora.

Foram vários programas de humor criados pelo veterano, com dezenas de personagens que ficaram na memória do público. Ao longo da carreira, ele esteve no Chico City (1973-1980), em quadros no Fantástico (1973-1990), Chico Total (1981 e 1996), Escolinha do Professor Raimundo (1990-95 e 2001), O Belo e as Feras (1999), Zorra Total (1999), entre outras atrações.

Entre os anos 1950 e 1990, também lançou discos, sempre com uma verve cômica. Formou o grupo Baiano & Os Novos Caetanos, como Arnaud Rodrigues e Renato Piau. Também teve inúmeros trabalhos no cinema e no teatro, além de experiências como compositor, dublador e pintor.

A partir dos anos 2000, dedicou-se mais às participações especiais. Já tinha feito pontas em novelas, como Que Rei Sou Eu? (1989), e ganhou personagens fixos em Sinhá Moça (2006), Pé na Jaca (2006), Caminho das Índias (2009), entre outros títulos. Também estrelou vários especiais de fim de ano na Globo.

Morreu em 23 de março de 2012, aos 80 anos, de falência múltipla de órgãos. Ele havia sido internado com uma infecção pulmonar um mês antes. Ele deixou outo filhos, entre eles os humoristas Lug de Paula, Bruno Mazzeo e Nizo Neto, e a esposa Malga di Paula. Antes, ele havia sido casado com Alcione Mazzeo e Zélia Cardoso de Mello.