Thiago Forato
Reportar erro
Enfoque NT

Talento nato fora do ar, Angélica poderia ter sido aproveitada em outros projetos de 2018

Angélica é uma das apresentadoras mais talentosas da TV e está fora do ar desde abril

Apresentadora Angélica
Promessa é que Angélica volte ao ar em 2019 - Divulgação/TV Globo
Thiago Forato

Publicado em 20/10/2018 às 08:14:49

Prestes a completar 45 anos (30 de novembro), Angélica está no freezer (nem geladeira) da Globo. Em três décadas, é a primeira vez que ela fica sem um programa na TV.

A loira que tem como marca registrada uma pinta na perna e fez todo o país andar de táxi com ela, não tem mais aquela empolgação dos anos 90 e não faz um programa competitivo há muito tempo.

O "Estrelas", que terminou em abril, era apresentado desde 2006 e só foi líder pela absoluta falta de concorrência incisiva. Morno, jamais extraiu de Angélica o que ela poderia render como comunicadora.

A apresentadora foi tirada a peso de ouro do SBT em 1996, quando comandava o "Passa ou Repassa" e "TV Animal", para comandar o "Angel Mix", que perdurou até o ano 2000.

Talento nato fora do ar, Angélica poderia ter sido aproveitada em outros projetos de 2018

Em 2001, ingressou no "Video Game", que ficou por 10 anos no ar (2001-2011) e aparecia quase que como um quadro do "Vídeo Show", com brincadeiras e games com artistas da Globo. A atração voltou no ano passado em edição especial, mas rapidamente saiu do ar.

O Brasil, por anos a fio, não viu Angélica. O "Estrelas", devido ao horário local, em muitas praças não era exibido.

Novos projetos

Apesar da previsão de que ela regresse em 2019 na Globo, Angélica poderia ter sido aproveitada em outros projetos na casa em 2018.

Foi ela quem apresentou o reality "Fama" no começo dos anos 2000, formato semelhante, guardada as devidas proporções, ao "Popstar", que está em sua segunda temporada nas tardes de domingo.

Talento nato fora do ar, Angélica poderia ter sido aproveitada em outros projetos de 2018

A emissora preferiu apostar em Taís Araújo, que apesar de esforçada, não tem a desenvoltura e talento de Angélica, por exemplo. Taís é afobada e chega a se perder com facilidade em um programa ao vivo. É atriz e claramente não estava tão pronta para o desafio.

Novo game da grade, "Os Melhores Anos de Nossas Vidas" também poderia ter tido Angélica na apresentação. Nesse caso, contudo, Lázaro Ramos segura bem a peteca e sua escalação pode ser explicada pelo fato do formato seguir um script.

Uma das apresentadoras mais talentosas na TV, Angélica acabou sendo escanteada pela Globo. Que venham novos projetos.

Mais Notícias