Polêmico, raiz e genuinamente popular, "Programa Silvio Santos" completa 10 anos com nova roupagem

A coluna analisa o "PSS"

Fotos: Divulgação/SBT

Publicado em 01/06/2018 às 13:43:01

Por: Thiago Forato

O "Programa Silvio Santos" completa 10 anos no SBT em sua nova roupagem nesta sexta-feira (1º), e 55 amanhã (2), na história da TV.

Antes de 2008, Silvio Santos apresentou diversas atrações próprias e em 2007, havia retornado aos domingos depois de um tempo inoperante no dia em que o consagrou, com vários programas diferentes tais como "Nada Além da Verdade", "Você é Mais Esperto que Um Aluno da 5ª Série", "Rei Majestade", Qual é a Música?", dentre outros.

A promessa era que o novo "PSS" teria o que o animador sempre fez de melhor: várias brincadeiras no palco com o auditório mais feminino do Brasil, câmeras escondidas e distribuição de dinheiro no formato de aviãozinho.

Para quem considera o "Topa Tudo por Dinheiro" como umas das melhores (ou a melhor) atração que Silvio Santos apresentou, não tem do que reclamar. Seu novo-velho programa trouxe isso de volta e provou que o patrão estava mais em forma do que nunca.

A princípio, o dominical era exibido à tarde, antes do "Domingo Legal" com Gugu Liberato. Um ano depois, quando seu pupilo se transferiu para a Record TV, passou a ocupar parte da tarde e ia até à noite, antes do "8 e Meia no Cinema", que começava às 22h. Apenas com a estreia de Eliana é que o "PSS" ocupou o horário atual, das 20h à 0h.

Aliás, há quase 10 anos que Silvio Santos não muda a grade de domingo. A exceção é a diminuição do "Domingo Legal", que perdeu duas horas com a chegada da Disney no segundo semestre de 2015.


publicidade

Popularidade

Embora tenha passado alguns anos em terceiro lugar, o "Programa Silvio Santos" está melhor do que nunca, não perdendo a vice-liderança e assustando a Globo há muitos anos na faixa das 23h, já tendo batido diversos programas diferentes, e até mesmo o até então imbatível "Big Brother Brasil". A lista é extensa.

Alguns podem até se envergonhar de assistir, mas a grande maioria, atualmente, tem orgulho de dizer que vê Silvio Santos, num programa que, mesmo depois de mais de meio século no ar, continua atraindo público.

É difícil apontar um motivo para o sucesso de Silvio Santos e de seu programa. Ele transforma nada, um papel, ou qualquer coisa que se proponha a fazer, num grande show, que não seria atrativo com qualquer outro apresentador.

Seu carisma é tema de biografias, teses de TCC, estudos, na luta para tentar desvendar o segredo de sua popularidade.

Politicamente incorreto

Com a língua afiada, Silvio fala o que quer e como quer. Sem freio.

No último domingo (27), por exemplo, no quadro "Jogo das Três Pistas", ele leu a ficha com as dicas: David Brazil, Gominho, Pabllo Vittar. Nem Karina Bacchi e Cristiana Oliveira sabiam a resposta da charada. O auditório bem que tentou, mas não conseguiu. A resposta? "Bicha".

Carga horária

Aos 87 anos, Silvio Santos segue com quatro horas de seu dominical, além de programas promocionais de suas empresas no SBT. Algo certamente impensável para ele há 30 anos, que planejava aposentadoria e que o domingo ficaria dividido entre Gugu Liberato e outros contratados.

A fórmula é velha: calouros, pegadinhas, brincadeiras banais com o auditório e artistas, mas tudo vira superprodução nas mãos de Silvio Santos.

Parabéns, "Programa Silvio Santos"!

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 13 anos e assina a coluna Enfoque NT há sete, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br Twitter: @tforatto



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade