"Tela Quente" completa 30 anos na Globo cada vez mais escanteada

Principal sessão de filmes da Globo perdeu glamour e importância na grade de programação

"Shrek" deu 50 pontos de média no Ibope em 2004, maior audiência da sessão - Divulgação/DreamWorks

Publicado em 31/03/2018 às 09:03:26

Por: Thiago Forato

Principal sessão de filmes da Globo, a "Tela Quente" completa 30 anos no ar. Foi lançada em março de 1988 para combater o "Veja o Gordo", de Jô Soares no SBT.

Desde então, a emissora nunca poupou sua artilharia pesada de blockbusters e é uma das únicas atrações da linha de shows da Globo que, em sua história, nunca teve sua liderança ameaçada de verdade.

Vez ou outra, programas que vêm após a novela das oito (hoje das nove) sofreram, mas os campeões de bilheteria estavam lá: firmes e fortes.

Na realidade, até hoje é assim. Apesar de ter fechado março com uma audiência média de 16 pontos, o que é baixo, a "Tela Quente" nem de longe tem mais o glamour e valorização que teve um dia.

Para começar, havia até contagem regressiva uma semana antes de começar a nova temporada da sessão. Hoje, ela foi completamente jogada de escanteio pela Globo.

Sessão escondida

Desde 2014 com "O Rebu", a Globo optou por tirar sua novela das onze, hoje intitulada como supersérie, das quartas-feiras para colocar às segundas, recebendo direto da novela.

A "Tela Quente" foi de vez para o segundo horário da linha de shows durante quase todo o ano. No verão, com o "BBB", que está maior, já que o Jogo da Discórdia é praticamente semanal, e no resto do ano, seus produtos nacionais como minisséries e superséries.


"Perdido em Marte" foi o primeiro filme da "Tela Quente" em 2018

A sessão de filmes só retoma a primeira linha de shows em setembro. Depois da novela, a "Tela Quente" geralmente gira em torno dos 20 pontos. Um pouco mais ou um pouco menos dependendo do filme escolhido.

"Perdido em Marte", único título da sessão que foi exibido após a novela em 2018 (1º de janeiro), deu 23,5 pontos, por exemplo. "Malévola", na semana seguinte, deu 24 pontos mesmo sucedendo "Treze Dias Longe do Sol". Não dá para ignorar.

Logo, para efeito de comparação: que outro programa da Globo fica na casa dos 20 pontos até depois da meia-noite? Nenhum.

Muitos jornalistas perseguem as sessões de filmes na TV, mas a verdade é que elas ainda dão um caldo, têm audiência cativa e importância dentro da grade de programação como um todo.

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há 13 anos e assina a coluna Enfoque NT há sete, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br Twitter: @tforatto



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade