Thiago Forato
Reportar erro
Enfoque NT

Patrícia Abravanel terá teste de fogo na carreira caso apresente o "Topa ou Não Topa"

"Topa ou Não Topa" fez sucesso nas mãos de Silvio Santos na década passada

patyabravatopa_374458f21bc1fd74f4d201e154b9d3517c2ca659.jpeg
Patrícia surge como a mais cotada para apresentar a nova temporada do "Topa ou Não Topa" - Fotos: Divulgação/SBT
Thiago Forato

Publicado em 03/02/2018 às 07:53:07

Prestes a completar sete anos de carreira dentro da televisão, Patrícia Abravanel pode ter seu maior desafio até aqui: apresentar o game-show "Topa ou Não Topa", que Silvio Santos acaba de readquirir.

Sem medir esforços para enfiar suas herdeiras goela abaixo dos telespectadores, Patrícia começou em 2011 no "Festival SBT 30 Anos", relembrando fatos marcantes do SBT na sua história.

De lá para cá, além de integrar um dos quadros de maior sucesso do programa do pai ("Jogo dos Pontinhos"), Patrícia comandou alguns games como o "Cante se Puder" (ao lado de Márcio Ballas), "Roda a Roda" e o "Máquina da Fama", sua mais longeva atração.

No ano passado, Patrícia segurou bem a peteca no "Eliana" quando a titular teve que se ausentar por conta da gravidez. Apresentar um programa de quatro horas não é nada fácil, e a filha número 4 de Silvio mostrou nítida evolução.

Caso queira avançar em um programa solo para chamar só de seu, Patrícia tem que se sair bem na nova temporada do "Topa ou Não Topa" caso seja a escolhida. E deve ser.

O formato permite ao apresentador vários improvisos, jogo de cintura e capacidade de fazer valer seu carisma, como Silvio Santos fez e Roberto Justus, diga-se de passagem, não fez.

Herdar o game do pai (mais um) vai mostrar o quão pronta a apresentadora está para ter uma atração mais aberta e com sua cara.

O "Topa ou Não Topa", ao mesmo tempo que pode ser um programa eletrizante e empolgante, corre o risco de se tornar maçante e desinteressante dependendo do apresentador.

Mais Notícias