Sandro Nascimento
Reportar erro
Coluna do Sandro

Vale a pena assinar a Claro Box TV?

Desde de fevereiro, NaTelinha testou o novo serviço da Claro

Caixinha da Claro box tv junto com o controle remoto e tendo ao fundo as opções do NOW
Com conexão pela internet, a Claro box tv foi lançado em janeiro - Foto: Divulgação/Claro
Sandro Nascimento

Publicado em 29/03/2021 às 09:31:55,
atualizado em 29/03/2021 às 09:45:40

Com a promessa de ser uma evolução no consumo de TV paga, em janeiro, a Claro passou a comercializar sua caixinha de mídia que une a experiência dos apps de streaming com a assinatura da TV. Para isso, basta o cliente ter uma internet de 10 megas para alcançar uma qualidade de imagem em 4K . O dispositivo Claro Box TV abre a possibilidade para assistir 140 canais por R$ 79,90 e contratar a Netflix, Globoplay e Paramount+, dentre outros, em um numa única fatura. Cedido pela operadora, o NaTelinha vem testando desde fevereiro o serviço e conta se vale a pena assinar.

A necessidade de um instalador para a caixinha é totalmente dispensável. Ela é leve, pequena, de design moderno, com configuração simples e intuitiva. O consumidor tem a opção de instalar um cabo de rede ou acessar o conteúdo via Wi-Fi. Em suma, para assistir a Claro Box TV é preciso um cabo de energia e outro na entrada HDMI da TV, tudo incluso. A reportagem teve a experiência numa velocidade de 120 megas, em rede WI-FI e com nove dispositivos conectados simultaneamente.

O layout do sistema da Claro Box TV é o mesmo para quem já é assinante da Claro TV. Os comandos, como utilizar o recurso Replay (reproduz toda a programação que foi exibida em até sete dias de forma automática), o gravador digital (Cloud DVR), troca de canais e acesso ao conteúdo do Now, impressionaram por serem mais rápidos do que pelo decodificador tradicional via cabo.

A reportagem testou o aparelho numa TV 4K de 75 polegadas que fica localizada nove metros distantes do ponto Wi-Fi, e em quase 60 dias, teve apenas três momentos de congelamento de imagem que duraram no máximo alguns segundos. Em outro teste, buscando a velocidade mínima para manter a qualidade da box TV, a reportagem retirou a conexão WI-FI e configurou a caixinha para receber o sinal roteado de um celular, por 12 horas, numa rede 4.5G. A qualidade não caiu e não teve travamentos.

Um fator positivo é a mobilidade. Sendo leve e compacta o consumidor pode levar a caixinha para onde quiser. O assinante fica livre do cabo coaxial. Pode ser uma opção econômica para quem mora na capital e passa o final de semana em uma casa de praia ou num sítio. Outra vantagem é a possibilidade de conseguir a experiência de SmarTV num aparelho antigo de televisão.

Para quem assina a banda larga da Claro, o plano de assinatura inicial é de R$ 20 e sem custo de adesão e contrato de fidelidade. O plano dá acesso ao Now, Claro Clube e Claro Música, além da possibilidade de assinar os aplicativos de streaming. Com o básico, o assinante escolhe o que deseja assistir dentro do seu orçamento. Para clientes de outras operadoras o valor de adesão é R$ 399,00.

A alta qualidade da imagem é um destaque, embora tenha sentido falta de mais conteúdo em 4K. Numa TV de 75 polegadas, onde ficaria mais evidente, não foi percebida imagem pixelada. Se o cliente tiver uma conexão baixa, pode ocorrer uma adaptação de qualidade para não congelar a imagem.

 

Claro Box TV tem instalação simples e saída para áudio digital

Dentre os canais do pacote de TV oferecido por R$ 79,90 estão todos do Grupo Globo, Discovery, Disney e os básicos da Warner Media. Se precisar, todo conteúdo pode ser assistindo pelo nowonline.com.br ou no aplicativo do Now disponível para dispositivos Android e iOS. Dentre as TVs abertas, Globo, Cultura e Band estão incluídas, enquanto os canais da Simba Content - joint-venture formada por SBT, Record e RedeTV! -, até o momento, estão fora do line-up.

O cliente tem opção de assinar conteúdo premium, como o HBO, Telecine e Star, além dos  pay-per-view de filmes, BBB e futebol. Dentre os aplicativos, podem ser assinados a Netflix, Starzplay, Paramount+, HBO, Telecine e Globoplay.

Em resumo, a Claro entrega o que promete na qualidade de imagem e a experiência de TV por assinatura via internet. A instalação é simples e intuitiva. Não decepcionou e pode ser uma opção para quem busca cortar custos e não quer abrir mão de seus canais de TV paga.

Entre os apps, a oferta é boa, mas Disney+ e a Prime Vídeo foram ausências percebidas. Sobre o som, para os mais exigentes, a caixinha tem saída para áudio óptico digital que pode ser conectada num home theater ou soundbar. Uma grata surpresa.

Mais Notícias