Coluna do Sandro

Globo prepara mega divulgação para "Amor de Mãe"

E mais: Clima no jornalismo do SBT e o nome de Angélica vem circulando para o "The Voice Kids"

Globo prepara mega divulgação para
Montagem NaTelinha

Publicado em 08/09/2019 às 07:36:48 ,
atualizado em 08/09/2019 às 09:50:40

Por: Sandro Nascimento

Para manter os excelentes índices de audiência no horário das 21h obtidos pela novela "A Dona do Pedaço", escrita por Walcyr Carrasco, a Globo vem desenvolvendo uma série de estratégias inéditas para divulgar a próxima produção da faixa, "Amor de Mãe", de Manuela Dias.

Todo o trabalho feito pela equipe da emissora tem a intenção de afastar qualquer possibilidade das festas de fim de ano atrapalharem o desempenho dos números medidos pelo Ibope da nova trama.

Vale lembrar que a história da boleira Maria da Paz vem conquistando médias em torno de 40 pontos na Grande São Paulo e vem se consolidando como a quarta maior audiência na dramaturgia da Globo na última década.

Dentre outras estratégias em estudo para a substituta de "A Dona do Pedaço", a mega divulgação contaria com a integração de plataformas do Grupo, inserções de teasers testemunhais girando sobre a maternidade, além de ações regionais nas principais capitais do país.

"Amor de Mãe" tem previsão de estreia para a segunda quinzena de novembro e terá no elenco como protagonistas Taís Araujo, Adriana Esteves e Regina Casé. Com o folhetim, a autora Manuela Dias fará sua estreia no horário das 21h e contará com a supervisão do experiente Ricardo Linhares e direção de José Luiz Villamarim.

Manuela Dias é vista como uma das grandes revelações entre os novos autores da Globo.  Atualmente namorando o ator Murilo Benício, ela já carrega no currículo uma indicação ao Emmy Internacional  pelo seu trabalho na série "Justiça". Existe uma grande expectativa pela sua estreia na faixa das 21h.

SBT Notícias

Três meses após o fim do "SBT Notícias", os jornalistas do SBT andam desmotivados com o futuro que se desenha no setor da emissora.

A tendência na grade são produtos similares ao "Primeiro Impacto", que Dudu Camargo e Marcão do Povo comandam no horário matutino.

Tudo mudou em 36 dias

Em agosto, o NaTelinha antecipou que a Globo estava tentando convencer Angélica a participar de um produto da dramaturgia para não ficar com a imagem muito tempo fora da TV. Algo que foi negado pela assessoria do canal e classificada pela apresentadora como "especulação".

Como num passe de mágica, 36 dias da depois da nota, tudo mudou. A Globo confirmou que Angélica fará uma participação em "A Dona do Pedaço" e a apresentadora, ao site F5, disse que será "divertido". 

Agora, esta coluna avisa Angélica: Seu nome vem circulando para a nova temporada do "The Voice Kids" no ano que vem. O espaço continua na sua torcida. Aliás, tomara que as pendências de setembro sejam resolvidas.

Xeque-mate

Priorizando a área comercial, a programação das tardes do SBT continua como está até dezembro. Porém, executivos da emissora já duvidam desta data.

"Jornal Nacional" esquece de São Paulo nos seus 50 anos

A festa em comemoração aos 50 anos do "Jornal Nacional", realizada no último domingo (01) num badalado restaurante na Zona Sul do Rio de Janeiro, esqueceu da sua história em São Paulo.

João Leite Neto, primeiro contratado do "JN" na capital paulista; José Ferreira Martins, que foi apresentador eventual entre 1972 e 1974; e Fausto Camunha,  editor-chefe de São Paulo, não foram convidados. Todos vivos, mas ninguém recebeu um cartão de cumprimento do atual diretor geral de jornalismo da Globo, Ali Kamel. Antes de pensar no futuro, precisamos reconhecer os profissionais que foram importantes no passado.

Histórias do "Jornal Nacional"

Em seu blog, "Gente que Fala", o jornalista Fausto Camunha contou a história de quando o logotipo do "Jornal Nacional" era colado numa tapadeira e caiu, ao vivo, gerando demissão do responsável em São Paulo.

"Naquela época o logotipo do 'JN' era recortado em papelão e colado na tapadeira, atrás do apresentador. Todo dia a mesma novela. Mais pra esquerda, mais pra baixo, mais pra cima, até que a enquadração ficasse perfeita. Um dia, porque não foi bem colado ou por qualquer outro motivo, o logotipo caiu com o telejornal no ar. Isso, na Globo, era motivo de demissão do funcionário responsável.

E ele foi demitido mesmo, sem direito de defesa, em nome da 'qualidade Globo'. Às vezes até exageravam nessa 'qualidade'. Os ternos, as camisas e as gravatas dos apresentadores eram escolhidas a dedo e tinham que estar sempre à altura das exigências globais, cujas regras eram sempre ditadas pelo José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni", relembrou Fausto Camunha.

Silvio Santos foi com Hang

Embora já tivesse comprado uma passagem em voo comercial, na última sexta-feira (06), Silvio Santos aceitou a carona do empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, e embarcou num jatinho particular rumo à Brasília.

Na agenda tinha um restrito jantar com o presidente Jair Bolsonaro e o bispo Edir Macedo, além de marcar presença no desfile de 7 setembro.

Jair, Silvio e Edir

A fotografia veiculada nas redes sociais com Jair Bolsonaro, tendo do seu lado direito o bispo Edir Macedo, dona da Record, e do outro lado, Silvio Santos, dono do SBT, foi uma mensagem cifrada mas ostensiva sobre a cobertura que o presidente espera das duas redes.

No jantar de sexta-feira, a conversa entre os três mais parecia uma estratégia da tomada de Monte Castelo. O presidente terminou o encontro com a certeza de ter a confiança incondicional de Edir e do dono do Baú.

Atrasou mesmo

A Record fez suspense sobre o novo cenário do "Jornal da Record" na  coletiva de imprensa na última quinta-feira (05), em São Paulo. Mas o motivo verdadeiro é que não estava pronto. Atrasou.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!