Cadê ela?

Fora do ar, Angélica pode voltar nas novelas da Globo

Sem projeto, apresentadora está na geladeira da Globo


Programa Fofocalizando
Sandro Nascimento, do NaTelinha, explicou como tem sido as negociações - Foto: Reprodução/SBT

Fora do ar desde o ano passado, Angélica pode voltar à televisão, mas não com um novo programa. Sem espaço na grade de programação da Globo, a artista está sendo aconselhada pela direção da emissora a virar atriz. A última vez que ela integrou o elenco de uma produção da casa foi em 2010.

A informação foi antecipada pelo jornalista Sandro Nascimento, do NaTelinha, no programa “Fofocalizando” desta quarta-feira (31), onde participou como convidado e detalhou como tem sido as negociações para que a comunicadora faça parte de alguma produção dramatúrgica da Globo, de preferência novela.

“Angélica, num primeiro momento, não gostou dessa ideia e não está inclinada a aceitar a proposta da Globo. A decisão deve sair nesta semana. O contrato da Angélica acabou no ano passado e a Globo prorrogou por mais um período, até o fim do ano", contou Sandro Nascimento.

Procurada, a Globo nega a questão do contrato e que teria feito proposta para ela ser atriz.

A resistência de Angélica tem justificativa. Ela apresentou o projeto de uma nova produção e recebeu o aval para continuar os trabalhos. A ideia é que a atração fosse exibida nas noites da Globo a partir do mês de abril, porém, por conta da crise financeira, o canal resolveu recuar e engavetou o programa.

A última vez que a apresentadora trabalhou como atriz na Globo foi em “As Cariocas”, quando deu vida a Maria Teresa, no episódio intitulado “A Traída da Barra”, exibido no dia 21 de dezembro de 2010. Na ocasião, e la atuou ao lado do seu marido, Luciano Huck.

De lá para cá, Angélica fez ponta nas novelas “Fina Estampa” (2011) e “Geração Brasil” (2014) como ela mesma. No cinema, fez parte do filme “De Perto, Ela Não é Normal” (2019), sendo a personagem Rebecca.

Mais Notícias