Opinião

Fora do "Porta dos Fundos", Porchat ficou careta demais na Record TV

Divulgação

Publicado em 01/07/2018 às 07:00:38 ,
atualizado em 01/07/2018 às 11:47:08

Por: Sandro Nascimento

Proveniente do seu êxito na internet, o humorista e apresentador Fábio Porchat se tornou uma das maiores revelações na televisão nos últimos quatro anos. Mas sua ousadia inicial com os textos do "Porta dos Fundos" e sua passagem pelo Multishow, diante do que é exibido no programa de entrevistas da Record TV, se apagou, talvez buscando se adequar dentro universo da TV aberta.

Porchat ficou careta, previsível, usa blazer seguindo tendências de moda e é designado na busca de referências em Jô Soares na dinâmica de conduzir as conversas de seus convidados, porém, não entende que seu público não é o do antigo apresentador da Globo.

Lógico que é uma tentativa de ocupar a lacuna deixada por Jô, mas aos poucos ele pode estar se descaracterizando como artista e precisa ficar atento nisso, é perigoso.

Vale lembrar que a ida do apresentador para Record TV foi uma tentativa da emissora de converter em audiência a geração Z que viralizava os hilariantes vídeos do "Porta". Mas atualmente o talk-show tem 61% do seu público composto por pessoas acima dos 35 anos, segundo dados de maio da Kantar Ibope Media.

A grande falha do "Programa do Porchat" é se contentar em exibir edições no linear da zona de conforto do que deve ser um produto para a TV aberta. Gira em torno do mesmo caminho de qualquer outro programa em seu segmento, não tem ineditismo, ousadia e nem o frescor que a juventude do humorista tem a oferecer.

Fábio deveria ser a principal atração do talk-show, afinal, seu sobrenome está no título, mas se permitiu que quem se tornasse fossem seus entrevistados. Isso explica a grande oscilação da sua audiência entre uma edição e outra exibida.

Após dois anos, que serão completados em agosto, Porchat ainda encontra obstáculo de costurar uma identidade para sua atração.

O talento do humorista e o potencial do artista, não se coloca em dúvida. Mas existe uma pergunta que seu público se questiona: cadê o Porchat do "Porta dos Fundos"? O que está na Record TV, não é o mesmo.

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!