Mesmo com aposta importada, Eliana não consegue vencer Rodrigo Faro

Divulgação/SBT

Publicado em 27/05/2018 às 08:00:56 ,
atualizado em 28/05/2018 às 14:02:02

Por: Sandro Nascimento

Para 2018, o quadro "Minha Mulher Que Manda" é um dos maiores investimentos do SBT com o intuito de reverter as consecutivas derrotas do programa "Eliana" na disputa pela audiência contra o "Hora do Faro", da Record TV. Porém, com três edições exibidas, a nova atração ainda conseguiu atingir o seu objetivo contra o concorrente.

No dia 06 de maio, mesmo em torno de toda expectativa em cima da novidade, a estreia de "Minha Mulher Que Manda" foi derrotada por Rodrigo Faro. Segundo dados da Kantar Ibope na Grande São Paulo, durante o período que as duas atrações permaneceram no ar, o novo quadro marcou 8,8 pontos contra 9,6 da Record TV. Entretanto, o formato da Global Agency atingiu índices superiores à média completa do "Eliana", que marcou 7,6 e Faro, 9,1 pontos.

Na semana seguinte, no dia 13 de maio, "Minha Mulher Que Manda" teve seu melhor desempenho na disputa com Rodrigo Faro, fechando com 8,3 pontos contra 8,5. Mas na média geral, Eliana sofreu outra derrota, com 6,8 pontos contra 8 de média do "Hora do Faro".

E no último domingo (20), em sua terceira edição, o novo formato do programa dominical do SBT perdeu novamente. O resultado foi de 9,9 pontos contra 11,3 da atração comandada por Rodrigo Faro no consolidado. Na média geral, Faro conquistou novamente o segundo lugar na disputa pela audiência, marcando a média de 10,6 contra 8,5 do SBT.

Com esse números, conclui-se que mesmo atingindo números superiores à média geral do "Eliana", o "Minha Mulher Que Manda" ainda não apresentou um desempenho capaz de reverter a disputa pelo segundo lugar de audiência com a Record TV.

No placar geral de 2018, o programa da Eliana venceu apenas dois domingos, enquanto a atração de Faro, em contrapartida, derrotou a loira do SBT por 18 vezes.

O formato de "Minha Mulher Que Manda", versão brasileira de "My Wife Rules", da Global Agency, foi escolhido "in loco" pela própria Eliana e o diretor artístico do SBT, Fernando Pelégio, durante a feira de TV Mipcom, em Cannes, na França, no final de 2016. Mas com as complicações da gravidez da apresentadora, em 2017, houve um entendimento na cúpula do SBT de desenvolver o quadro somente este ano.

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br



publicidade

TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade