Globo não descarta voltar com a Globeleza nua em 2018

E mais: Ignácio Coqueiro aumentou salário da equipe de Faro; existe torcida contra o "Fofocando" no SBT

Foto: Divulgação/ TV Globo

Publicado em 15/01/2017 às 08:30:00

Por: Sandro Nascimento

Sai o corpo nu e entra o Carnaval da diversidade de ritmos. A primeira exibição da vinheta Globeleza, no último domingo (08), surpreendeu o país. Pela primeira vez desde sua criação, em 1991, o símbolo do Carnaval da Globo, apareceu menos sexualizada.

"Nosso objetivo com a vinheta deste ano é representar a diversidade do Carnaval brasileiro, espelhando a festa que toma conta do país nesta época do ano. Chegamos a este formato unindo o já tradicional samba de avenida a outros ritmos como o frevo, o axé, o maracatu e o bumba-meu-boi. Para isso, usamos elementos como a coreografia e o figurino para marcar esses ritmos", explicou a Central Globo de Comunicação à coluna.

Questionada, a emissora não descarta a volta ao vídeo da valorização do corpo em 2018: "Ainda não estamos trabalhando nas vinhetas do próximo ano, mas a nossa busca é surpreender o público sempre".
 
Sobre reinventar um símbolo tão tradicional no carnaval da TV, a Comunicação da Globo responde: "O símbolo é o Carnaval Globeleza, que representa a alegria da festa mais popular do país e uma folia curtida com respeito, entre amigos, sem lixo no chão, sem violência e sem xixi na rua. Trouxemos à vinheta desse ano a diversidade de outros ritmos, ampliando o significado do Carnaval Globeleza, uma marca importante da Globo".
 
A emissora comemora a repercussão positiva: "A boa acolhida da nova vinheta mostra que estamos no caminho certo e que o público entrou nesta festa conosco".  

A nova vinheta Globeleza é um trabalho do experiente diretor de arte Alexandre Romano, responsável pela criação e execução de várias aberturas de produtos da TV Globo, entre elas "Cheia de Charme", "Hoje é Dia de Maria" e "Sangue Bom".

"Depois da gravação tivemos um extenso trabalho de pós-produção e efeitos visuais, para fazer funcionar o efeito de troca de dançarinos na edição picotada, e para inserir os objetos cenográficos e os confetes virtuais", contou o profissional com exclusividade para a coluna.
 
Confira abaixo entrevista exclusiva com o diretor de arte Alexandre Romano:
 
Quando foi gravada a vinheta? Quanto tempo durou? O que deu mais trabalho na gravação?

Alexandre Romano:
 Gravamos em dezembro do ano passado, depois de meses de estudos de linguagem e pré-produção. A gravação em si levou cerca de 10 horas. Foram muitas combinações de figurinos e dançarinos na mesma coreografia. Cada figurino com sua particularidade de movimento e limitação. Depois da gravação tivemos um extenso trabalho de pós-produção e efeitos visuais, para fazer funcionar o efeito de troca de dançarinos na edição picotada, e para inserir os objetos cenográficos e os confetes virtuais. Os elementos 3D, além de reagir ao cenário de forma realista, ainda acompanham os movimentos de câmera.

O processo de criação fica limitado algumas vezes devido ao politicamente correto?

Alexandre Romano: 
O processo de criação é sempre um desafio. Passar uma mensagem de forma original torna o desafio ainda mais gratificante.

De todas as vinhetas criadas por Hans Donner para a Globeleza, qual você mais se identifica? Por quê?
 
Alexandre Romano: O trabalho do Hans Donner inspirou gerações e ficará para sempre na memória afetiva do brasileiro. O uso da tecnologia aliada à arte de forma criativa é com o que eu mais me identifico no conjunto de sua obra.
 
Ignácio Coqueiro aumentou salário da equipe de Rodrigo Faro
 
O diretor do programa "Xuxa Meneghel", Ignácio Coqueiro, é um profissional muito admirado nos bastidores da RecordTV.
 
Quando assumiu a direção do "Hora do Faro", em 2014, encontrou uma produção temerosa com possível demissões. Ignácio surpreendeu. Além de aproveitar todos da equipe, concedeu aumento salarial e promoveu alguns profissionais. Quem hoje faz algo assim? 
 
Aliás, a atual diretora do programa do Rodrigo Faro , Aline Alonso, foi promovida na época como assistente de direção e depois quando Ignácio saiu, ele a deixou como diretora.
 
Falando nisso, neste sábado (14), Ignácio Coqueiro completou um ano de relacionamento com a dermatologista dos famosos, Carla Goes.
 
 

Nós desejamos muito amor para todos!!!!??? Mais uma etapa concluida, mais um ano que passou, que tenhamos conseguido tudo de bom, que Deus nos ofereceu. Desejo na paz de Deus que nós possamos sempre encontrar o seu caminho e que este seja trilhado com muita fé e paz, para que cada vez mais nós possamos acredidar nesse sentimento de paz e de fé, capaz de transpor obstáculos e sermos felizes. Que a mão de Deus guie nossas vidas; para que essa siga em paz, em harmonia, com saude e alegria. A todos nós um feliz Ano novo ??????

Uma foto publicada por Dra Carla Góes ? (@dracarlagoes) em

O casal passa férias no sítio do diretor em Nova Friburgo, serra fluminense. "Desafios e provações acontecem é claro e sempre vão existir, mas vejo que só fortaleceu e confirmou o nosso sentimento verdadeiro. Te amo Amorzinho", comemorou Carla em seu Instagram.

Existe torcida contra o "Fofocando" no SBT
 
Dentro da produção do "Fofocando", o clima não é dos melhores. Alguns se queixam que existe uma torcida contra o programa dentro do próprio SBT. Parte da equipe aponta que Dudu Camargo seja o grande responsável por isso.
 
Dona Ivone Lara emociona público no Rio
 
Na última sexta-feira (13), o público do Arena Banco Original, no Rio, se emocionou com a presença no palco da compositora Dona Ivone Lara, com seus 95 anos idade.


Fotos: Sandro Nascimento

Ela não cantou, mas sua presença ao lado do neto, André Lara, Diego Nogueira e Arlindo Cruz, conseguiu arrancar lágrimas.
 
Eu fico por aqui ou toda hora no Twitter @Sanduba



COMENTÁRIOS