Reportar erro
Colunas

Coluna do Sanduba: Canal Curta estuda demitir parte da equipe

canalcurta.jpg
Foto: Divulgação
Sandro Nascimento

Publicado em 13/03/2016 às 08:02:43

O canal Curta, presente em todas as grandes operadoras de TV paga no país com exceção da Sky, recebeu uma triste notícia que pegou de surpresa todos os seus diretores na última semana.
 
Com a fusão da operadora GVT com a Vivo TV, os representantes destas empresas informaram ao canal sobre a descontinuidade da sua programação em suas grades. O motivo alegado  foi que devido à alta do dólar, os custos com os canais estrangeiros aumentaram muito e por este motivo substituiriam o Curta por um outro mais barato.

O Curta teve crescimento no país em 2014, depois da aprovação da lei de cotas que obriga a veiculação de conteúdo brasileiro na TV paga. Com a decisão da GVT/Vivo TV, serão um milhão e meio de assinantes que deixarão de receber o sinal do canal, que consequentemente terá menos dinheiro em caixa. Para equalizar suas contas, o Curta estuda demitir parte dos seus funcionários.

Os diretores da emissora estudam uma contraproposta da GVT/Vivo TV, de colocar o sinal no sistema à la carte pelo preço de 2 reais. Atualmente, o canal recebe 12 centavos por assinante.

finalizou.

Leia coluna na íntegra

Mais Notícias