Reportar erro
Colunas

O sucesso das novelas no canal Viva

Enfoque NT

alexandre-a-viagem.jpg
"A Viagem" vem conquistando a liderança na TV paga - Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 07/09/2014 às 08:57:56

Lançado há quatro anos, o canal Viva, da Globosat, tem como missão resgatar antigos sucessos da TV Globo e colocá-los em horários acessíveis e alternativos para aquele público mais nostálgico.

O plano tem dado certo, e hoje o Viva já é um dos dez canais mais vistos da televisão por assinatura, segundo o Ibope. “Dancin’ Days”, recentemente, deixou a emissora na liderança. “História de Amor” e “A Viagem” tem obtido excelente desempenho nos horários de suas exibições, tendo em números as melhores performances desde a criação do canal.

Enquanto na televisão aberta o público dramatúrgico está cada vez mais migrando para outras mídias, inclusive na televisão por assinatura em função de uma suposta falta de qualidade das grandes emissoras, o da fechada prefere voltar ao passado e relembrar obras marcantes. É uma outra pegada.

É claro, se “Dancin’ Days” fosse exibido no “Vale a Pena Ver de Novo” ou num horário considerado “comercial”, provavelmente seria um fracasso por sua imagem ultrapassada e figurinos idem. A última vez que a Globo ousou em colocar uma produção verdadeiramente antiga à tarde foi em 2004, com “Deus nos Acuda”, de 1992, onde perdia quase que diariamente para “A Usurpadora”, no SBT.

Com um público mais exigente, o Viva desistiu de reprisar “Pecado Capital”, de 1998, atendendo aos incansáveis pedidos. O atendimento veio parcialmente, já que a versão original de 1975, ao menos por enquanto, não será reprisada. O público vai ter o poder de escolher a partir de amanhã (8) entre “Tropicaliente”, que completa 20 anos que foi ao ar, “Lua Cheia de Amor” e “Despedida de Solteira”.

Para muitos, o sucesso do Viva evidencia a incompetência da indústria em criar novas novelas. Não tiro a razão de quem pensa assim, mas creio que sempre haverá quem goste de relembrar produções antigas, vistas na infância ou adolescência, por exemplo.

Com o rico arsenal da Globo no que tange as novelas, o sucesso do Viva continuará perdurando, já que ainda tem muito, mas muito conteúdo para ser reapresentado.

Você gosta das novelas do Viva? Comente aqui na página!


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br  | Twitter: @Forato_

Mais Notícias