Reportar erro
Colunas

Enfoque NT: José Luiz Datena, mais que um apresentador policial

d44ce96f6597eeeacb415824be13e79a.jpg
Divulgação/Band
Thiago Forato

Publicado em 31/10/2013 às 17:44:10

O “Quem Fica em Pé?” estreou em abril de 2012 na Band e é muito similar ao “Roleta Russa”, formato da Sony que a Record lançou em outubro de 2002, há mais de 10 anos, sob o comando de Milton Neves.

Já o game de José Luiz Datena é distribuído pela NBC Universal. Nele, um participante é apresentado a dez concorrentes e o prêmio máximo é de R$ 100 mil. Quem fica ao lado de Datena tem a missão de derrubar todos os outros no buraco, numa corrida contra o relógio.

Desde a estreia do game, Datena pôde mostrar o quanto evoluiu como animador. Até tango ele dançou e vários “traquejos” foram aparecendo. Para quem não se lembra, ele comando na Record, em 2002, o game-show "No Vermelho", que fez parte de uma investida da emissora em games, como o "Jogos de Família", de Otaviano Costa, e o "Roleta Russa". Vale lembrar que Datena apresentava também o “Cidade Alerta”.

Ainda sobre seu antigo programa, o “No Vermelho” pagava a dívida de seus participantes. Na atração, quem participava tinha que provar que devia na praça. Concorria, de fato, quem estivesse no vermelho no banco. Datena entrou na guerra dominical e o fracasso foi inevitável. O formato rendeu menos que a emissora esperava e durou cerca de três meses na mão do apresentador. Logo o bastão foi passado a Otaviano Costa. Na época, pelo menos o que circulou na imprensa foi que Datena tinha dito que aquilo não era sua praia. Contudo, o programa tinha apenas mais dois meses de vida pela frente. Um tiro n'água.

Agora, 11 anos depois, Datena aparenta estar mais à vontade neste tipo de atração, mostrando seu lado mais cômico e galanteador para cima das participantes. Pra quem está acostumado a vê-lo berrando contra as autoridades, vê-lo sorrindo e brincando é até inusitado. Apesar de muito criticado ainda, por ter sua imagem atrelada a desgraças que apresenta diariamente no "Brasil Urgente", é notória sua evolução como animador.

A audiência da primeira temporada do “Quem Fica em Pé?” foi boa para os padrões da Band. Contudo, aos domingos, o programa não foi bem, marcando 2 pontos no Ibope. A estratégia de fazer a sala de espera para o “Pânico” não funcionou.

Também houve a participação de Datena no último “Teleton” e não fez feio. Ensinou até uma técnica de como o placar deveria subir com as doações, ficando ao lado e pedindo incessantemente para alcançar tal número, e apresentou o cantor Naldo, com a devida empolgação de um animador.

A partir de hoje, o "Quem Fica em Pé?" será exibido às quintas-feiras, 22h30. E a concorrência também não será fácil, já que na Globo está o campeão de audiência “The Voice”, o SBT conta com “A Praça é Nossa” e a Record com a novela "Pecado Mortal".


A coluna Enfoque NT é diária! Confira todos os dias uma crítica diferente sobre o mundo da TV; relembre todas.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

 

Mais Notícias