Reportar erro
Colunas

Enfoque NT: Qual a dificuldade em vender a Copa do Brasil e Série B?

438341ba3612128dddc1812e3e87e62d.jpg
Foto/ilustração
Thiago Forato

Publicado em 29/10/2013 às 17:20:40

2014 é ano de Copa do Mundo, e no Brasil. Todo mundo sabe que os investimentos publicitários serão concentrados neste evento e isso vai fazer com que outras áreas fiquem em segundo plano.

A Globo já não sabe mais o que fazer com a Copa do Brasil e a Série B do Brasileiro no que ano que vem. A Record não interessa muito, e acredito que ela não estaria disposta. A RedeTV! não tem capital suficiente pra enfrentar uma compra dessa, o SBT já sinalizou que não quer voltar a transmitir futebol tão cedo. Mas e a Band, que transmitiu neste ano?

Segundo ela, está canalizando suas prioridades no Mundial do Brasil. A Copa do Mundo dura por volta de 30 dias, e o restante do ano?

Pra quem se lembra, o SBT transmitiu a Copa do Brasil no final da década de 90 e conquistou ótimos índices de audiência. A final de 1995 entre Corinthians e Grêmio tem um dos recordes da emissora e dificilmente (pra não dizer impossível) será batido: 42 pontos de média e 54 de pico.

É claro, exibir o mesmo jogo que a Globo nunca é bom negócio. Mas, o desespero pode chegar a tanto, que pode ser negociável transmitir partidas exclusivas, em dias que ela não vai exibir, por exemplo, como na quinta-feira. O preço estipulado pela Globo é de R$ 6 milhões.

Caso a emissora que negocie consiga algumas partidas exclusivas, vai dar boa audiência. Independente se for exibido no SBT, Record ou RedeTV!.

Exemplo

No ano passado, no jogo de ida da final da Copa do Brasil entre Palmeiras e Coritiba, a Band, em uma quinta-feira exibiu sozinha o jogo e marcou 13 pontos com picos de 19. Normalmente, no horário ela dá entre 3 e 4 pontos.
 
Aniversário

Hoje a coluna completa dois anos de vida. Que venham os próximos!
 

A coluna Enfoque NT é diária! Confira todos os dias uma crítica diferente sobre o mundo da TV; relembre todas.


Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br - Twitter: @Forato_

Mais Notícias