Reportar erro
Na Sonia Abrão

Como Paulo André foi de vilão do BBB5 a consultor especial para assuntos de Big Brother

Sempre que uma nova edição do reality se aproxima, o meme do paulista ganha força na web

Montagem de foto de divulgação de Paulo André pro BBB5 e ele no programa de Sonia Abrão
Quando saiu do BBB5, Paulo André participou como comentarista do programa de Sonia Abrão - Reprodução/TV Globo e RedeTV!
Jéssica Alexandrino

Publicado em 14/01/2022 às 06:14:00

Paulo André Mázio Costa, também conhecido como P.A., foi um dos vilões do BBB5. O paulista, natural de Guarulhos, era o braço direito do médico Rogério Padovan, o Doutor Gê, e, juntos, os dois travaram uma batalha contra Grazi Massafera, Jean Wyllys e Pink, os favoritos da edição. P.A. tinha 23 anos quando entrou no programa, trabalhava como consultor de informática e a descrição de seu perfil dizia que ele gostava de cantar e dançar.

Com o prêmio, na época de R$ 1 milhão, o brother pretendia comprar uma casa, um carro, e melhorar a vida dos pais. Porém, o rapaz viu seus planos irem por água abaixo logo no seu primeiro paredão. Enfrentando a carioca Aline, Paulo André foi o quinto eliminado da temporada, com 72% dos votos. Rejeitado pelo público, o paulista contou em algumas entrevistas que recebia muitas ameaças e quase apanhou na rua.

Os refrescos de P.A. vieram pouco tempo depois, quando foi convidado para participar do programa de Sonia Abrão, na RedeTV!, como "consultor especial para assuntos de Big Brother". O ex-participante do reality integrou o elenco da atração vespertina durante as quatro edições seguintes do BBB e teve a chance de mostrar para os telespectadores um Paulo André diferente do que eles conheceram durante o confinamento global. O "cargo" do comentarista se tornou motivo de brincadeira na web e, com a estreia do BBB22 se aproximando, o meme voltou a ganhar espaço nas redes sociais.

Como Paulo André foi de vilão do BBB5 a consultor especial para assuntos de Big Brother
Paulo André virou meme por sua função no programa de Sonia Abrão - Reprodução/RedeTV!

"Logo, todo mundo pôde ver que eu sou do bem, engraçado. No BBB, eu joguei e a edição foi contra o meu grupo. Se eu tivesse sido como sou aqui fora, teria levado o prêmio", apostou, alguns anos atrás, em uma entrevista concedida ao Jornal Extra.

P.A. atuou como comentarista no programa de Sonia Abrão até 2009. Depois de fazer seu "pé de meia", optou por investir em novas áreas porque os trabalhos em televisão eram incertos. O paulista chegou a ser diretor comercial de uma empresa especializada em software de gestão empresarial. A decisão responsável teve dois motivos especiais: Maria Eduarda, de 13 anos, e Julia, de sete, filhas do ex-BBB.

O paulista é casado com a estatística Bianca Barone e vive longe dos holofotes. Em seu perfil no Instagram, que conta com cerca de 800 seguidores, P.A. compartilha fotos ao lado da família e frases de escritores que curte, como Fabrício Carpinejar. Em janeiro do ano passado, enquanto o BBB21 estava no ar, Paulo André postou uma foto ao lado de Rogério Padovan e Alan Passos, colegas de confinamento do BBB5. "Isso sim era BBB raiz... Sem esse papo de cancelamento. Povo chato e cheio de mimimi. Saudades guerreiros", escreveu, na legenda da publicação em que marcou vários colegas de reality. Inclusive, o diretor, Boninho.

Paulo André, do BBB5, foi acusado de aplicar golpe em cliente

Em 2019, Paulo André Mazio Costa, conhecido como P.A. após participar do BBB5, foi protagonista de várias reportagens da Record, sendo acusado de dar golpe em uma cliente. O paulista teria usado uma madeireira de fachada para aceitar a encomenda de uma consumidora, mas na época, segundo ela, os móveis não foram entregues e o ex-brother se tornou alvo de Jorge Wilson, Xerife do Consumidor.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias