Reportar erro
E as plantas?

BBB21: Contra duas plantas, eliminação de Projota é inadmissível

Trajetória de Projota chegará ao fim na noite de hoje

Projota de brócolis
Projota como brócolis: brother perderá para quem mais temia, as plantas - Reprodução/Globoplay
Thiago Forato

Publicado em 16/03/2021 às 06:57:00

A iminente eliminação de Projota nesta terça-feira (16) no BBB21 é praticamente unânime. Afinal, o rapper deve sair com um índice de rejeição próximo aos 80%, mas se olharmos pelo prisma do jogo, não deveria. Contra duas participantes que não acrescentam em absolutamente nada, sua saída aproximará o reality de um marasmo maior, embora novas histórias possam se desenvolver.

Como é possível um participante que joga (errando ou não, ao menos tenta) em detrimento de duas outras que se escondem? Thaís vinha com medo do paredão há semanas e se dava uma importância que não tinha. E ainda não tem. Sua narrativa consiste em forçar a barra pra cima de Fiuk criar uma atmosfera de vergonha alheia a quem assiste. Diz que entendeu tudo isso e desistiu do filho do Fábio Jr., mas independentemente disso, a goiana não consegue formular uma frase, seja para justificar o voto no confessionário, defender sua permanência ou até no ato de descobrir o voto do amiguinho no dedo-duro. Como a dentista conseguiu enganar a produção na seletiva do BBB21?

O caso de Pocah é ainda mais grave. Thaís ao menos tentou encontrar alguma história para contar ou situações para viver. O caso da cantora é delicado e sua permanência, para quem é da Sociedade Esportiva Entretenimento, é desesperador. Passando a maior parte do tempo dormindo (literalmente), não se esforça em nada dentro do confinamento. Seja nas provas ou na arte de fazer alianças ou conquistar inimigos. Muito me admira, aliás, que tenha sido votada, já que não faz mal para ninguém.

O fato de duas plantas terem ido ao paredão pela votação da casa, diz muito sobre os próprios brothers, que se mostram intolerantes com esse tipo de comportamento, não é mesmo? E por que cargas d'águas o público deve suportar isso em meio a um confinamento interminável aqui fora?

A eliminação de Projota faria sentido há três ou quatro semanas. Todos os seus aliados deram adeus com recordes de rejeição, mas o rapper tenta dar a volta por cima articulando com uma dupla fadada ao fracasso sim, é verdade. Mas, o que seria do BBB se não houvesse pessoas como Projota? Devaneios, micos, pensamentos fora da realidade, dentre outros. A cobrança de Projota em cima de Fiuk foi um grande momento e prometeria ganhar contornos ainda mais interessante se não fosse por sua saída.

Projota: A história de uma redenção interrompida

BBB21: Contra duas plantas, eliminação de Projota é inadmissível

A trajetória de Projota aqui ficou marcada para o público com um esporro pedagógico em Lucas Penteado e depois pelo esculacho sem precedentes. É verdade também que o rapper errou feio e errou rude com o ator, mas estamos na metade da temporada em um BBB21 com duas plantas no paredão.

Longe de mim querer fazer o papel do advogado do Diabo, mas penso única e exclusivamente no potencial de cada figura ali presente e sei que este texto é uma opinião impopular. Obviamente, Thaís e Pocah mantêm uma trajetória melancólica. E embora prometam que "tudo vai mudar" caso fiquem, a gente sabe que essa é uma balela risível.

Com uma temporada empolgante, a manutenção das plantas é um erro imperdoável do público, que não pode reclamar caso o programa caia na monotonia dentro de alguns dias. O aviso está dado.


Thiago Forato é jornalista e dá pitacos no BBB21, além de assinar a coluna Enfoque NT desde 2011, e matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele pelo e-mail thiagoforato@natelinha.com.br ou no Twitter, @tforatto  



TAGS:
Mais Notícias