Em alta

Após fiascos, Globo lava a alma, novelas explodem e viram queridinhas do Brasil

Além da Ilusão e Quanto Mais Vida, Melhor revertem fracasso de antecessoras às 18h e às 19h


Larissa Manoela em cena de Além da Ilusão; Giovanna Antonelli em cena de Quanto Mais Vida, Melhor
Com Larissa Manoela e Giovanna Antonelli nos papéis principais, novelas das seis e das sete na Globo conquistaram o público - Fotos: Reprodução/Globo
Por Walter Felix

Publicado em 24/05/2022 às 20:37:00,
atualizado em 24/05/2022 às 21:01:34

Além da Ilusão e Quanto Mais Vida, Melhor viraram queridinhas do Brasil. É o que apontam os dados do PNT (Painel Nacional de Televisão), que mede a audiência em todo o país. Na semana passada, as novelas bateram recordes, revertendo o fracasso de suas antecessoras às 18h e às 19h, respectivamente, na Globo.

De acordo com os dados obtidos pelo NaTelinha, ambas as novelas registraram seus melhores índices semanais no PNT desde a estreia. Além da Ilusão teve média de 22,8 pontos entre os dias 16 e 21 de maio. É o maior índice desde agosto de 2020, quando a Globo exibia a reprise de Novo Mundo (2017).

Já Quanto Mais Vida, Melhor, em sua penúltima semana de exibição, registrou 24,7 pontos na média de todo o país. É a melhor marca na faixa das sete desde a última semana de Salve-se Quem Puder, em julho do ano passado. A trama criada e escrita por Mauro Wilson chega ao fim nesta sexta-feira (27). Estes índices também são comemorados juntos com os de Pantanal, que segue crescendo e virou fenômeno.

Com Além da Ilusão e Quanto Mais Vida, Melhor, Globo respira aliviada após sucessão de fracassos

imagem-texto

Com a elevação dos números, a Globo respira aliviada. A emissora vinha amargando recordes negativos com as antecessoras tanto às 18h, com a inédita Nos Tempos do Imperador, finalizada em fevereiro, quanto às 19h, com a reprise de Pega Pega (2017), trama cuja reexibição chegou ao fim em novembro do ano passado.

O bom desempenho das novelas também é notado na Grande São Paulo, que serve de referência para o mercado publicitário. Na semana passada, impulsionadas pelo frio na capital paulista, ambas as novelas bateram recordes, com 21,9 e 25,1 pontos na cidade nos capítulos de quarta-feira (18), segundo o Kantar Ibope.

O êxito é quase perto do que a direção do canal já nota no horário nobre, com o fenômeno Pantanal. Desde que entrou no ar, em março, a trama assinada por Bruno Luperi, baseado na novela original de seu avô, Benedito Ruy Barbosa, elevou os índices da faixa das 21h, comprometidos com o mau desempenho de Um Lugar ao Sol junto à audiência.

NaTelinha no Google News

Acompanhe as exclusivas da televisão, resumos das novelas, as bombas dos famosos, realitys e muito mais na palma da mão.

Siga-nos
Mais Notícias