Reportar erro
Uma resposta

A Fazenda 2020: Mateus Carrieri cobra direito de defesa sobre ataque de Rodrigo: "Traidor"

Ator ficou chateado com as acusações do modelo fora do reality

Mateus Carrieri pensativo no sofá de A Fazenda 2020
Mateus Carrieri ficou decepcionado com Rodrigo Moraes. Foto: PlayPlus/ Reprodução
Redação NT

Publicado em 02/10/2020 às 22:33:05

Mateus Carrieri passou o dia todo em A Fazenda 2020 incomodado com um comentário de Rodrigo Moraes, durante a participação dele no Hora do Faro. Nesta sexta-feira (02), os peões participaram da gravação do programa à distância, que também contou com a presença do modelo. Na hora, Rodrigo teria detonado Mateus, chamando ele de traidor e falso. Em conversa com Lipe Ribeiro, o ator contou que não entendeu o motivo de ataque do rapaz.

"Eu fiquei bem bolado com o negócio do Rodrigo, eu fiquei puto, na verdade. Porque querendo ou não é minha imagem lá fora e sem direito de defesa. Eu não falei nada que justificasse o que pode ter sido mostrado pra ele. Não justifica. Traidor, falso, fofoqueiro... Eu era de boa com ele. Nada justifica", disse Mateus.

Lipe acredita que o motivo do ranço de Rodrigo por Mateus começou na dinâmica do resta um na última votação da roça. O ator preferiu salvar Jojo Todynho a Lucas Cartolouco, aliado de Rodrigo, Biel e Juliano Ceglia.

Direito de defesa em A Fazenda 2020

Minutos depois, Mateus desabafou com Juliano. O ator cobrou o direito de defesa, mas que só poderá fazê-lo quando sair do confinamento.

"Me chamar de traidor, eu não falei que eu estava fechado com vocês? É bem chato cara, você não tem como se defender, só vai poder se defender quando for sair, mas você também não quer sair. Também fico preocupado se estou passando essa imagem de fofoqueiro, poxa, eu falo com todo mundo. Fiquei bem puto. Estou tentando me dar bem com todo mundo", analisou o veterano.

Por fim, Mateus acabou confessando que sempre achou Rodrigo arrogante em suas colocações. "Rodrigo confirmou o que eu achava dele, coisa que eu guardava pra mim. Sempre achei ele meio arrogante e prepotente. O discurso dele nunca me convenceu. Eu nunca julguei, nunca votei nele", disse.


Mais Notícias