Reportar erro
Aviso geral

Marcos Mion justifica bronca em Carol Narizinho: "Obedeço ordens"

"Esse posicionamento não foi meu", se explicou ele

Marcos Mion apresentando A Fazenda 2020
Marcos Mion dá sermão ao vivo - Reprodução/Record TV
Redação NT

Publicado em 30/09/2020 às 10:28:31

O apresentador Marcos Mion iniciou a formação da Roça na noite dessa terça-feira (29) dando um grande sermão nos peões, só que mais direcionado a então Fazendeira, Carol Narizinho. Ele deu a entender que o comportamento da loira era inadmissível, tentando incentivar os participantes a tomarem punições. Na manhã desta quarta (30), o apresentador disse que obedeceu ordens da direção.

"Alguns pilares, alguns conceitos do jogo vão ficando para trás na convivência, no dia a dia. Vocês estão num jogo onde existem regras e posições conquistadas devido a performance de cada um aí dentro. Elas precisam ser respeitadas. A Fazenda é um jogo de convivência. Não existe sociedade que sobreviva sem regras e sem um líder, que deve dar exemplo de conduta, quanto no trato de animais. E só assim esse líder pode cobrar dos outros. No nosso jogo, o fazendeiro deve estar à altura do que é esperado na sua posição. O jogo precisa disso. A gente espera que os próximos Fazendeiros avaliem a importância do cargo. Ficou claro que a Carol foi o posto do que eu falei. Não se importou com as regras, incentivou punições, comemorou", discursou Mion no início da Roça

O apresentador ainda comentou que as punições não poderia ser um argumento que ela poderia usar. Bastou isso para que as redes sociais ficassem em polvorosa, criticando a postura de Marcos Mion, que rebateu.

Produção quis dar ordem em A Fazenda 2020, diz Mion

"Esse posicionamento não foi meu. Como todos que seguem minha carreira sabem, eu não emito opinião pessoal na Fazenda. Não cabe e é errado. Eu sei que fãs sofrem e confesso que eu, como telespectador e amigo de todos ali também sofro, mas eu tenho que ser", começou.

E seguiu: "Não me apavorem pq não é nem uma opinião e nem decisão minhas. Eu obedeço ordens. Não é justo me atacar como se eu tivesse surtado e resolvido interferir no jogo. Os donos do jogo que fazem as regras e que mandam. Eu não posso me recusar a passar um recado de quem comanda o jogo! Eles são os donos do jogo e consideraram a postura de liberar punições e comemorar quando elas chegam, em desacordo com a posição de fazendeiro nesse momento onde eles não tem assistência nenhuma da produção. Quiseram dar o recado pra todos, usando o exemplo dela. Visando ordem".

Confira o vídeo:


Mais Notícias