Pânico nos bastidores

Assédio, machismo e humilhação: 5 ex-panicats que revelaram os bastidores do Pânico

Ex-assistentes de palco já soltaram o verbo contra o programa


Carol Narizinho, Juju Salimeni e Fernanda Lacerda em foto montagem
Carol Narizinho, Juju Salimeni e Fernanda Lacerda: ex-panicats já revelaram os bastidores do Pânico - Fotos: Reprodução/Instagram

Sucesso na televisão entre 2003 e 2017, primeiro na RedeTV! e depois na Band, o programa Pânico marcou toda uma geração. Bastante elogiado nos primeiros anos, o humorístico completará em dezembro cinco anos fora do ar. Em mais de uma década de história, o que não faltou foi história para contar. Vide algumas ex-panicats que revelaram pequenos bastidores e experiências.

A mais recente foi Juju Salimeni, que esteve na atração entre 2008 e 2011. A atual musa fitness já chegou a contar o que passou na atração, mas nesta semana voltou a falar do assunto quando questionada em seu próprio Instagram. Ela revelou que sofreu intolerância religiosa e afirmou ser vítima de "machismo extremo".

Quem também já relatou abusos foi Gabi Levinnt. A modelo recordou que chegou a fazer terapia e relatou assédio por parte dos diretores. "Era um ambiente machista e tóxico", disse numa entrevista concedida ao jornal O Dia no ano passado. Confira essas e outras ex-Panicats que já relataram experiências negativas no Pânico:

Fernanda Lacerda

Assédio, machismo e humilhação: 5 ex-panicats que revelaram os bastidores do Pânico

Panicat entre 2014 e 2017, a Mendigata disse ser grata ao Pânico no podcast de Juju Salimeni em novembro de 2021, mas nem tudo foram flores. "Essa pressão toda afetou muito meu psicológico. Muito muito muito. Teve uma época que eu fiquei abalada emocionalmente. A gente, a nossa saúde mental fica abalada com essas coisas, mas também era um lugar que a gente se divertia", frisou.

Em A Fazenda 10, chegou a dar mais detalhes. Inclusive, a Mendigata desenvolveu uma doença na pele. "Lá no Pânico, todo mundo teve problema emocional. Porque quando você trabalha sob muita pressão, o nosso emocional fica abalado. Uma época eu peguei uma doença na minha pele por estresse. O médico falou que só pessoas que são sequestradas têm, você acredita? O médico ficou em choque. Mas era por causa do meu trabalho, a gente vivia sob muita pressão. Era um ambiente muito pesado, mas eu amava aquilo

Carol Narizinho

Assédio, machismo e humilhação: 5 ex-panicats que revelaram os bastidores do Pânico

Assiste de palco do humorístico em 2012 na Band, Narizinho disse já ter sofrido machismo, humilhações e recebido propostas consideradas indecentes. "Sofri muito machismo no programa e nas matérias que eles pediam para a gente fazer", recordou à revista Quem em janeiro de 2021.

Sobre as propostas que recebeu, classificou até como tentadoras, mas nunca pensou em aceitar. "Se eu tivesse aceitado, estaria com uma vida de rainha hoje em dia. Mas nunca quis me sujeitar a isso. Não julgo quem faz, o corpo é dela e ela faz o que quiser."

"Sofri muito assédio nos bastidores da TV. Muitas pessoas com cargos maiores tentaram me comprar alguma forma. Tentavam me convencer a fazer tal coisa, convidavam pra vinho... Diretores davam algumas indiretas de coisas que poderia fazer para conseguir algo melhor, mas nunca me submeti a isso", garantiu.

Juju Salimeni

imagem-texto

Uma das mais famosas ex-panicats, Juju Salimeni desabafou ao longo da semana quando questionada por um seguidor como eram os bastidores. "Praticamente todas as meninas passaram por isso [machismo] lá. [...] Devo toda minha carreira ao Pânico, tenho orgulho da minha história e trajetória. Mas não exclui toda a parte de abusos psicológicos e humilhações. De qualquer forma, tudo isso me fez mais forte e me impulsionou, eu nunca me abalei com nada", disse.

Umbandista, relatou também ter sofrido intolerância religiosa. "Verdade. Intolerância religiosa e inúmeros abusos verbais, psicológicos, sem falar do machismo extremo. Praticamente todas as meninas passaram por isso lá."

Gabi Levinnt

Assédio, machismo e humilhação: 5 ex-panicats que revelaram os bastidores do Pânico

Para esta ex-Panicat, o ambiente do programa era extremamente machista e tóxico, além de ter muita baixaria. "Sofri por uma exposição não tão legal e olha que não era aquela exposição porque eu nem era famosa, mas eu não queria mais ser vista daquele jeito. Fui fazer terapia, estudar e descobrir realmente quem eu era. Foi uma decisão bem pensada."

Ela relatou na mesma entrevista, concedida ao O Dia, um episódio que considerou traumático: "Um dos diretores me chamou para um reservado. Eu juro que achei que ele iria passar alguma coisa, uma dica ou me cobrar algo. Não levei na maldade mesmo, mas aí ele me agarrou e colocou o p** para fora. Praticamente me obrigou a fazer um boq... e disse : 'se você quer aparecer mais, tem que colaborar'. Saí correndo, me mantive quieta o resto do dia e deixei para pensar o que iria fazer no dia seguinte. Decidi ver qual era a situação".

Segundo ela, todas eram assediadas. "Das panicats mais famosas até as que só eram participantes de alguns quadros como eu era, todas eram assediadas sexualmente. Também fui vendo que as meninas que topavam 'colaborar' iam subindo, iam aparecendo mais nos programas, ganhavam destaques", recordou.

Lizi Benites

Assédio, machismo e humilhação: 5 ex-panicats que revelaram os bastidores do Pânico

Conhecida como Piu-Piu, Lizi Benites falou em setembro de 2021 ao podcast de Bola e Carioca como era o período que foi uma das assistentes de palco. "Tinha uma pessoa que me falava coisas horríveis. Eu fiquei oito meses sem gravar e me convidaram para A Fazenda, da Record. Eu falei com o diretor do programa e ele me disse pra eu ir e que ele falaria com o Emílio [Surita] e que era para eu ir", relembrou.

"O Emílio me ligou depois dizendo que não queria que eu saísse. Existia uma história de que a todo momento uma Panicat iria sair e a gente vivia com medo. Eu já tinha assinado o contrato. A pessoa me encontrava e me dizia coisas pornográficas. Ele me encontrava e dizia que queria me chupar. Se o Emílio tivesse falado comigo desde o começo, ele sempre foi querido comigo, muito atencioso, mas chegou um momento que a gente não tinha mais isso", lamentou.

Ela falou ainda que depois de se desligar do Pânico, foi humilhada em uma ligação. "Quando eu sai para A Fazenda, eu não podia falar nada por contrato, mas saiu na imprensa que eu pedi demissão, eu recebi uma ligação com uma pessoa me humilhando e afirmando que eu não pedi demissão, eu fui demitida", encerrou.


Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias