Se pronunciou

Doceira diz que não se sentiu vítima de racismo no É de Casa e faz pedido sobre Talitha Morete

Silene publicou uma nota em seu perfil no Instagram


Dona Silene servindo cocadas à Talitha Morete e abraçando a apresentadora
Dona Silene e Talitha Morete no momento em que a doceira serviu as cocadas - Reprodução/TV Globo
Por Jéssica Alexandrino

Publicado em 15/06/2022 às 16:41:49,
atualizado em 15/06/2022 às 16:46:32

Dona Silene, doceira que participou do É de Casa no último sábado (11), agradeceu o apoio que vem recebendo nas redes sociais, mas disse que não percebeu racismo na atitude de Talitha Morete. A apresentadora convidou a vendedora de cocadas Silene, que conheceu enquanto fazia as unhas em um salão, para preparar a receita no programa. Quando o doce estava pronto, ela pegou a bandeja e entregou para Silene, uma mulher negra, servir aos convidados.

"Ainda estou meio perdida, pois foi tudo muito novo pra mim! Eu escrevo não para diminuir ou banalizar as dores de ninguém, pois sei que muitos se sentiram machucados com a cena, porém, naquele momento eu não tive esse sentimento. Ao contrário, fui muito bem recebida e acolhida por todos", disse Silene, nos Stories de seu perfil no Instagram.

Na sequência, a doceira lembrou que foi a própria Talitha que a convidou para ir à atração. "Para quem não sabe, Talitha foi um instrumento para que eu pudesse ter a oportunidade de ser apresentada a vocês, e sou muito grata por isso. Eu jamais poderia vir aqui incitar ódio a uma pessoa que, na minha concepção, não houve a intenção de reproduzir qualquer tipo de violência", argumentou.

Por fim, Silene pediu que não ataquem a apresentadora da Globo. "Eu peço a vocês que não a ataquem. Todos vocês que estão chegando agora vão me conhecer e saber que sou da paz, meu propósito não é guerra! Quero deixar também a minha gratidão e meu abraço para o Manoel, pela gentileza e todo cuidado que teve", agradeceu. Na ocasião, Manoel Soares pegou a bandeja e se ofereceu para servir a todos, seguindo as coordenadas da doceira.

Talitha Morete pede desculpa após episódio considerado racista no É de Casa

Doceira diz que não se sentiu vítima de racismo no É de Casa e faz pedido sobre Talitha Morete
Reprodução/TV Globo

Talitha Morete publicou um pedido de desculpa público, nesta terça-feira (14) no Instagram, após ser alvo de críticas por causa de uma atitude considerada racista no programa É de Casa do último sábado (11). "Antes de vir aqui, a primeira coisa que fiz foi falar com a dona Silene e pedir desculpas para ela. Também preciso me desculpar com todas as pessoas, com meu público, pela minha fala. Errei e não há nada a ser dito para justificar ou minimizar esse erro, a não ser me desculpar", iniciou ela.

A apresentadora disse que desde sábado tem refletido sobre o ocorrido e sobre o lugar que ocupou neste contexto. Ao perceber o ato considerado racismo estrutural, e infelizmente "normalizado" na sociedade, de colocar uma mulher negra na função de servir, Manoel Soares se levantou e avisou: "Vamos fazer o seguinte? Eu vou ser o seu garçom e você vai me orientar para quem eu vou servir, porque você não vai servir ninguém", disse.

Talitha Morete seguiu dizendo que pretende transformar esse episódio em aprendizado e num compromisso de "vigília antirracista constante". "É isso o que posso e devo fazer. Aproveito para agradecer meu colega Manoel Soares pela sensibilidade e o cuidado com a dona Silene. É muito importante quando estamos num grupo diverso que comprova como o mundo pode ser melhor quando inclui a todos". Manoel Soares comentou a publicação e disse que considera importante que dona Silene esteja bem diante de toda essa repercussão.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias