Demissões históricas

Trocas de farpas e puxadas de tapete: As demissões mais conturbadas da Globo

A emissora carioca vive momento em que não importa de se desfazer de seus principais astros e estrelas


Jô Soares, Silvio Santos e Faustão em montagem
Jô Soares, Silvio Santos e Faustão saíram da Globo e causaram polêmica - Fotos: Divulgação/TV Globo
Por Thiago Forato

Publicado em 16/04/2022 às 09:33:00,
atualizado em 16/04/2022 às 14:17:46

A Globo vem passando por um momento que se desfaz de nomes estelares e trabalhando com artistas antes tidos como intocáveis, agora por obra. Na maioria dos casos, os desligamentos vêm acontecendo de maneira amigável e bastante tranquila, mas nem sempre isso foi assim. Várias personalidades, como até Silvio Santos, hoje dono do SBT, tiveram uma saída conturbada da líder de audiência.

Os tempos eram outros e Silvio Santos já sonhava em ter seu canal de TV. O Homem do Baú foi "sabotado" pela Globo depois de 11 anos comprando horários. Após ver a TV Tupi (1950-1980) anunciar "Silvio Santos a cores", o canal da família Marinho obrigou o animador a produzir seu último colorido, o que gerou estresse, briga e até ameaças.

Mais recentemente, a Globo se desfez de nomes como Camila Queiroz e Faustão, que geraram grande estresse em 2021, especialmente o veterano de 71 anos, que sete meses de seu contrato vencer, já anunciava um acordo para apresentar um programa na Band. Confira essas e outras demissões conturbadas.

Silvio Santos

imagem-texto

O Homem do Baú não teve a melhor das despedidas da Globo em 1976. Silvio comprou horário na Globo por 11 anos, mas depois da Tupi ter anunciado que ele seria apresentado a cores, a Globo o obrigou a fazer o mesmo.

Naquela época, Silvio Santos também já tinha tudo pronto para entrar nos domingos da TVS, canal 11 do Rio de Janeiro, e da Record. Ele tinha comprado metade das ações do canal 7 paulistano através de uma transação sigilosa, pois seu contrato com a Globo o impedia de se tornar sócio de emissoras. O animador garantiu ainda um espaço na Rede Tupi, que não demorou para alardear sua estreia.

O contrato de Silvio com a Globo iria até o final de julho, e foi cumprido até o último dia. Mas, na quinta-feira que antecedeu sua última exibição, há quase 45 anos, o animador foi avisado por Eduardo Lafon (1948-2000), na época diretor de programação da Globo em São Paulo, que teria que levar seu programa em cores.

O fato gerou estresse e uma briga daquelas. A decisão levou a todos a realizarem mudanças nos cenários praticamente aos 48 minutos do segundo tempo. Antes, as cores eram acinzentadas, já que a TV era preto e branco. Silvio Santos também correu para arrumar um terno colorido e aparecer "na estica" como mandou a direção.

No início, Silvio até que tentou relutar, mas os compromissos comerciais deveriam ser cumpridos e ele não teve outra alternativa a não ser ceder a este que foi o último ato da Globo para marcar sua despedida do canal, que depois teve que tapar um buraco de mais de 8 horas na sua programação.

Faustão

imagem-texto

Depois de mais de três décadas de serviços prestados à Globo, Faustão foi avisado em janeiro de 2021 que não estava nos planos da emissora para a grade do ano seguinte. Ouviu de que se quisesse, poderia entrar às quintas-feiras no horário nobre, mas declinou.

Dito isso, Faustão começou a "mexer seu doce" e no finalzinho de abril anunciou que se mudaria para a Band em janeiro. Seriam, então, oito meses fazendo um "esquenta" até se mudar de vez para a nova casa, o que acabou irritando os executivos.

A princípio, cogitou-se de que ele permaneceria até o final da Superdança dos Famosos, mas depois que contraiu uma infecção urinária e foi hospitalizado, Faustão não voltou mais ao ar. Foi substituído por Tiago Leifert, e depois, estreou o Domingão com Huck, em setembro, herdando vários quadros do antigo comunicador.

O veterano de 71 anos fez o clima dentro da Globo azedar de vez. Sua permanência ficou insustentável. Mas, para tentar miná-lo, a emissora da família Marinho o continuou mantendo amarrado até o final de seu contrato, em dezembro.

Camila Queiroz

imagem-texto

Em alta com Verdades Secretas 2, Camila Queiroz mal gravou o desfecho como Angel na novela original Globoplay. Em fato raro, Ricardo Waddington, em uma entrevista histórica para a Folha de S. Paulo em novembro de 2021, afirmou que "nunca viu nada parecido" em sua carreira.

A atriz já vinha com uma relação desgastada. Enquanto mantinha contrato com a emissora, gravou Casamento às Cegas, reality da Netflix, às escondidas. Foi perdoada, mas nem isso foi capaz de fazer com que ela fizesse pedidos tidos como inaceitáveis pelo canal.

O diretor ainda confirmou que os motivos que levaram ao desligamento de Camila foram as exigências que a intérprete de Angel fez para cumprir uma agenda de mais alguns dias de gravação, além de querer dar pitacos no destino da protagonista. "Todo o resto do elenco concordou em fazer. Não teve uma única pessoa que dissesse ‘ah, não, não vou fazer sete diárias’", contou, negando a informação de que outros atores tenham oferecido resistência.

Para Waddington, a postura da atriz é inaceitável. "'O show não pode parar' não é uma figura de linguagem. É a lei do que nós fazemos. O cara vai lá com febre, doente, a mãe morreu, mas ele sobe no palco e entrega o que tem que entregar", finalizou.

Jô Soares

Trocas de farpas e puxadas de tapete: As demissões mais conturbadas da Globo

Quando Jô Soares saiu da Globo em 1988 para ter seu próprio talk-show e humorístico no SBT, o clima não foi dos melhores. A líder de audiência vetava anúncios que eram protagonizados por artistas concorrentes e incomodou Jô.

No SBT, Jô Soares acusou a Globo de ter uma "lista negra" com artistas proibidos de atuarem em comerciais do canal. Sérgio Chapelin, que havia ido para o canal de Silvio Santos em 1983, já falava sobre isso.

Em uma edição histórica do Troféu Imprensa 1989, Jô Soares leu um artigo que ele mesmo publicara um dia antes no Jornal do Brasil. "Com impecável senso de oportunidade, a TV Globo escolheu exatamente o momento da Constituinte no Brasil para inaugurar sua lista negra. Quem sair da emissora sem ter sido mandado embora corre o risco de não poder mais trabalhar em comerciais, sob a ameaça de que estes não serão lá veiculados. Como a rede detém quase o monopólio do mercado, os anunciantes não ousam nem pensar em artistas que possam desagradá-la", dizia em um dos trechos.

"Que as chamadas de O Gordo Ao Vivo não passariam na emissora eu já sabia desde outubro, pelo próprio Boni, que me disse em sua sala quando fui me despedir: 'Já mandei tirar todos os seus comerciais do ar. Chamadas do seu novo show no Scala 2, também, esquece. Estou vendo como te proibir de usar a palavra gordo'. Claro que esta última ameaça ficou meio difícil de cumprir: a megalomania ainda não é lei fora da Globo", continuou.

E encerrou: "Finalmente, eu gostaria de dizer que Silvio Santos foi tremendamente injusto quando chamou Boni numa entrevista de 'office-boy de luxo'. Nenhum office-boy consegue guardar tanto rancor no coração".

Apesar disso, Jô Soares voltou à Globo em 1999 para assumir um talk-show no ano 2000. No canal, ficou até 2016 com o Programa do Jô.

Regina Duarte

Trocas de farpas e puxadas de tapete: As demissões mais conturbadas da Globo

Em fevereiro de 2020, Regina Duarte deixou a Globo após 50 anos de trabalhos prestados. Por ser uma das grandes estrelas da dramaturgia brasileira, Regina tinha contrato vitalício com a emissora, mas preferiu rescindir o acordo e assumir o cargo de Secretária da Cultura.

Aquela que já foi chamada de "namoradinha do Brasil" deixou a Globo sob protestos da classe artística. Após falar consideradas problemáticas, especialmente depois de ser acusada de minimizar mortes e torturas durante a Ditadura Militar, a Globo simplesmente ignorou a atriz no lançamento de Vale Tudo (1988) para o streaming.

Depois da polêmica, a Globo fez uma nova divulgação com Regina Duarte. Seu trabalho no governo Bolsonaro durou apenas quatro meses, sendo sucedida por Mario Frias.

 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias