Reportar erro
Homero Salles

Ex-diretor de Gugu diz que Marcos Mion resgatou TV dos anos 80: "Deixem o menino trabalhar"

Homero Salles elogia contratação de Mion pela Globo

Homero Salles e Marcos Mion sorrindo em montagem
Homero Salles elogia Marcos Mion e relembra apresentadores consagrados - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 06/10/2021 às 11:37:09,
atualizado em 06/10/2021 às 12:01:18

Homero Salles é só elogios ao novo contratado da Globo, Marcos Mion. O ex-diretor de Gugu Liberato (1959-2019) em seus áureos tempos no SBT e também na Record, afirmou que o titular do Caldeirão resgatou a TV dos anos 80. "Deixem o menino trabalhar", pediu ele na rede social Linkedin em post realizado nessa terça-feira (5).

"Quanta surpresa em assistir o 'novo' Caldeirão sob o comando do Mion e extasiado ver o ressurgimento da época de ouro dos games familiares e do entretenimento saudável e familiar", iniciou ele em longo post.

"Sempre acreditei (embora nem sempre eu conseguisse realizar...) que era e é possível fazer na televisão, programas que divirtam e promovam alegria pura, quase ingênua, e que na sua essência e propósito de divertir todas as faixas etárias e porque não dizer sociais, façam essa mídia televisiva voltar a ter a relevância que infelizmente perdeu com a entrada de novos players e a consequente pulverização na internet."

Homero Salles, ex-diretor de Gugu

Ex-diretor de Gugu relembra apresentador e Perdidos na Noite

Para ele, Mion resgatou a TV dos anos 80. "A lente da câmera é precisa... Sabe transmitir a verdade de um apresentador quando está se divertindo junto com seus convidados e isso passa para o telespectador que interage naturalmente, gosta do que está assistindo e fideliza um programa", afirmou.

"Aconteceu com Faustão no Perdidos na Noite, aconteceu com Gugu no Viva a Noite e acontece semanalmente com Silvio Santos", comparou. E na sequência criticou os formatos, que na sua visão, engessa os apresentadores.

"Difícil conseguir escapar e fazer um programa solto, com improvisos, com humor (voluntario ou não...) e isso o Mion está conseguindo e com louvor. Deixem o menino trabalhar... Está no caminho certo e conseguiu inverter a lógica de que o peso de atuar na "poderosa Globo" iria mudar seu comportamento frente as câmeras... Se mudou, foi para melhor..."

Mais Notícias