Reportar erro
Exclusivo

Funcionários terceirizados do SBT têm ônibus cortado e ficam a mercê de assaltos

Queixa é comum entre funcionários terceirizados

Fachada da sede do SBT
Funcionários terceirizados da emissora fazem reclamação - Foto: Divulgação
Thiago Forato, com Fabrício Falcheti

Publicado em 11/09/2021 às 08:15:00

Funcionários terceirizados do SBT como seguranças, motoristas, faxina, manutenção e restaurante reclamam do corte de ônibus fretado que os levava até a rodoviária da Barra Funda, em São Paulo. O trajeto que os funcionários faziam acabou sendo cortado em novembro do ano passado, por conta da pandemia, e até o momento não retornou. Com isso, ficaram a mercê de assaltos.

Segundo relatos ouvidos pelo NaTelinha, há funcionários terceirizados que prestam serviços à emissora sendo assaltados nos últimos tempos. A conversa é que Silvio Santos não deve saber do caso e que isso seria coisa da "direção nova".

Em outubro, um comunicado interno alertou: "A partir de 01/11, as empresas terceirizadas que mantêm operação fixa e recorrente no CDT não poderão utilizar os fretados como recurso de mobilidade para seus colaboradores".

Com o corte, os profissionais estão chegando mais cedo no SBT. Como o CDT (Centro de Televisão) da Anhanguera, em Osasco, fica longe do ponto de ônibus, a reclamação é que um percurso tem que ser feito a pé. E é aí que entra o perigo. A reportagem soube de pelo menos dois casos de assalto que aconteceram recentemente, no trajeto de ida e volta.

Terceirizados do SBT reclamam de discriminação

O SBT, segundo relatos, é "fora de mão de linha de ônibus". O motivo da pandemia, ainda, não convence de acordo com o que o NaTelinha ouviu. Uma das reclamações é a de que só o "terceirizado pega Covid". Segundo apurado, poucos ficaram afastados ou sequer morreram em função do vírus. A queixa é que eles vêm sofrendo discriminação há muito tempo.

Funcionário sob condição de anonimato

"Não morreu nenhum terceirizado por Covid. Eu posso conviver, sendo terceirizado, com funcionário, levar, trabalhar com repórter, mas eu não posso andar no ônibus da empresa? Complicado. Sempre é o coitado do terceirizado"

Procurado para comentar se há previsão do ônibus para funcionários terceirizados voltar a ser disponibilizado, o SBT não respondeu até o fechamento desta matéria.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias