Reportar erro
Sem luz

Brasil Urgente sofre "apagão" e Datena protesta

Apresentador se manifestou sobre aumento da conta de luz pelo Governo Federal

Datena com as mãos levantadas em estúdio apagado do Brasil Urgente
Brasil Urgente sofre "apagão" e Datena protesta - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 31/08/2021 às 18:25:00

Durante o Brasil Urgente desta terça-feira (31), o estúdio sofreu um apagão ao vivo por alguns segundos. José Luiz Datena aproveitou a ocasião para protestar contra o Governo Federal, que aumentou mais uma vez a conta de luz dos brasileiros. Tudo aconteceu quando o apresentador começou a criticar o ministro da economia, Paulo Guedes, e o aumento das contas de eletricidade.

Neste momento, as luzes do estúdio foram apagadas enquanto Datena gritava. "Daqui a pouco sabe o que vai acontecer? Isso aqui, quer ver? Vai acontecer isso aqui ó. É isso que você quer, Paulo Guedes? Só no nosso! 50% da bandeira vermelha...", esbravejou o jornalista. Na sequência as luzes se acenderam e Datena chamou uma matéria sobre o aumento na conta de luz.

Assista a partir do minuto 1h40:

Mais cedo, Datena ficou irritado e acabou discutindo com a diretora do programa, Débora Raposo, ao vivo. Enquanto o repórter Felipe Garraffa dava informações sobre um assalto a uma loja de departamento em São Paulo, o apresentador ouvia orientações da diretora em seu ponto eletrônico e não gostou nada do que escutou.

"Debora, quando eu digo uma coisa é melhor a gente fazer porque eu tenho um pouco mais de experiência", disse o âncora. O jornalista acabou chamando a participação do Tenente Maxwel, da Polícia Militar, para continuar ouvindo as orientações da diretora enquanto o assessor da PM falava com o público.

Ao voltar seu áudio, Datena ficou mais irritado ainda. "Eu não ouvi direito porque estou conversando com as pessoas aqui que teimam em fazer um programa diferente daquele que eu quero", disse Datena.

 

Datena se irrita com diretora

Em junho, Datena já havia discutido com a mesma diretora. O apresentador fazia a cobertura do trabalho das buscas pelo policial desaparecido em Heliópolis, quando uma imagem do soldado caminhando por uma avenida entrou no ar. O jornalista se assustou e não sabia do que se tratava. Foi então que ele indagou Débora e se irritou.



Mais Notícias