Reportar erro
Exclusivo

Xuxa defende reprise do Xou da Xuxa no Viva: "Adoraria ver"

Apresentadora é favorável a reprise do programa no canal fechado

Xuxa comandando o Xou da Xuxa
Xou da Xuxa está completando 35 anos - Foto: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 30/06/2021 às 05:35:00

Xou da Xuxa (1986 -1992) completa 35 anos da estreia nas manhãs da Globo nesta quarta-feira (30) e Xuxa Meneghel apoia a reprise do programa no canal Viva. Em entrevista exclusiva ao NaTelinha, ela explica que com a exibição terá a oportunidade relembrar os momentos que viveu nas décadas de 80 e 90 e acompanhar a recepção do público que a acompanhou na infância e hoje são pais e mães. A comunicadora ainda ressalta que seria uma oportunidade para as pessoas entenderem  que alguns costumes da época são diferentes das atuais e que tudo fazia parte de um contexto.

“Eu acho que seria muito legal a reprise. Primeiro porque eu adoraria ver. Segundo, porque eu acho que as pessoas que cresceram comigo e que hoje tem seus filhos gostariam de mostrar o que eles viam, o que era a nave, o que eram as músicas, os que eram as Paquitas’, comenta a apresentadora.

Xuxa reflete sobre como as pessoas avançaram de 1980 pra cá e acredita que seja importante os jovens entenderem como as coisas funcionavam no passado para compreender como chegamos aos dias atuais. Na visão dela, apesar de muitas frases serem normal no período do Xou da Xuxa, hoje certos comportamentos não são mais aceitos.

“E eu era politicamente incorreta, quase tudo que eu falei, fiz e fazia, naquela época, fazia parte daquela época. Todo mundo falava daquele jeito, tudo mundo agia daquele jeito e eu não podia ser diferente. Então é até legal pra vê e comparar o que é o dia de hoje, o que são as coisas que acontecem e o que não pode mais fazer. E tá lá, como se você fosse num museu e prestasse atenção em coisas do passado e que não existem mais, mas que faziam parte daquele contexto todo e estava tudo bem, naquela época, mas hoje não mais”, acrescenta.

E completa: "Gostaria sim de ver, acho que vai ser uma volta ao passado na memória afetiva de muita gente. Iria ser bem legal. Quando a gente é criança, a gente vive um momento único, não volta mais. Eu fiz parte desse momento de muita gente, que hoje é mãe, é pai e até já é avô e talvez quisesse rever isso tudo e ter esse sentimento de voltar ao passado. ‘Puxa vida, eu era tão feliz e não sabia’, mas eu sabia, eu senti e queria sentir muito”.

Com direção-geral de Marlene Matos, o Xou da Xuxa era exibido de segunda a sábado e chegou a ter cinco horas na grade da emissora. Com seu alto Ibope, alguns programas tinham um share maior que novelas exibidas no horário nobre da Globo. A atração colocou um ponto final nas sucessivas derrotas da Globo enfrentando o palhaço Bozo no SBT.

Xou da Xuxa nos dias atuais?

Durante a entrevista exclusiva ao NaTelinha, Xuxa foi questionada se o programa funcionaria nos dias atuais na TV aberta. A apresentadora acredita que não. Na visão dela, o mundo mudou e, automaticamente, o hábito das crianças se tornou outro, mais voltado a tecnologia.

“É um programa que fez parte dos anos 80, era o que as pessoas queriam ver, era o que as pessoas tinham de mais moderno. Hoje possuem mais modernidade... é diferente o que as crianças querem e gostam de ver. Aliás, eu nem sei o que elas gostam de ver ou querem ver, porque elas estão mudando diariamente”, opina.

Com o sucesso do programa, Xou da Xuxa teve uma versão na Argentina, El Show de Xuxa (1991-1993), que foi exibido em mais de 26 países. Além disso, em setembro de 1993, a atração teve sua versão americana gravada nos estúdios da CBS Television. No Brasil, o SBT e a Manchete também copiaram o formato, além de outros canais internacionais.



Mais Notícias