Reportar erro
Agora vai?

Datena vai se filiar ao PSL para concorrer à presidência em 2022, diz deputado

Nome do apresentador da Band surge mais uma vez na esfera política

Datena no seu programa apontando o dedo
Datena deve ser opção em 2022 - Foto: Reprodução/TV Bandeirantes
Redação NT

Publicado em 29/06/2021 às 10:51:36,
atualizado em 29/06/2021 às 11:04:32

O apresentador José Luiz Datena deixou o MDB para se filiar ao PSL e ser a tal da "terceira via" em 2022, como concorrente ao cargo de Presidente da República. A afirmação é do deputado federal Luciano Bivar (PSL), que enviou uma nota à coluna de Igor Gadelha no Metrópoles.

"O Datena está se filiando ao PSL. Ontem, ele já comunicou aos amigos para transmitir sua filiação ao partido. Disse que já se considera filiado ao PSL", pontuou ele. A filiação foi acertada na noite dessa segunda-feira (28).

O acordo foi costurado entre o apresentador da Band, além do próprio Luciano Bivar e o deputado Baleia Rossi (SP), que assim como Datena, também é de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. O encontro ainda contou com o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (sem partido), e do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP).

A vida política de Datena

No ano passado, Datena estava em um impasse se concorreria a um cargo como prefeito de São Paulo. O jornalista havia dito a Leo Dias em 11 de junho de 2020 que seria candidato à prefeito, horas antes do Brasil Urgente entrar no ar.

"Tenho duas propostas, uma bem clara, de ser candidato a vice, praticamente mais ou menos acordada, e tem a probabilidade de eu ser candidato a prefeito pelo MDB. Agora, eu estou vendo tanta bandalheira no meio dessa pandemia que estou pensando se eu saio candidato a alguma coisa mesmo", afirmou.

No entanto, instantes depois, para Cátia Fonseca, ao vivo, negou: "Não vou fazer nada, fique tranquila. A Band vai ter que me aguentar mais tempo. Eles estão torcendo para eu sair candidato para ficarem livres de mim. Eles vão ter que me segurar por mais tempo".

Na ocasião, Datena disse ao NaTelinha que era só um projeto. Antes, ele também já foi cogitado para Senador. Em todas, apesar da dúvida, optou por seguir na Band.



TAGS:
Mais Notícias